Uma operação conjunta de diversas divisões da Receita Federal com a Alfândega de Curitiba apreendeu um helicóptero avaliado em R$ 23 milhões no Aeroporto do Bacacheri, na última quinta-feira (3). O anúncio oficial para imprensa, porém, ocorreu apenas neste domingo (6).

Fabricada pela tradicional marca italiana AgustaWestland e pesando aproximadamente meia tonelada, a aeronave recebeu pena de perdimento pela Alfândega de Viracopos, em Campinas, por introdução irregular no país, e estava em manutenção no Aeroporto do Bacacheri no hangar de uma empresa especializada, como explica o auditor fiscal da Receita Federal André Ferreira dos Santos, que chefia a Divisão de Repressão ao Contrabando e Descaminho da 9ª Região Fiscal (Direp09).

Agora o helicóptero ficará sob custódia da União.

Foto: Divulgação/Receita Federal.
Foto: Divulgação/Receita Federal.

Flagra mostra ‘enquadro monstro’ de torcedores antes de clássico