A aproximadamente três quilômetros de onde estavam os policiais da Delegacia de Homicídios realizando a Operação Monteiro Lobato, às 7h de ontem, um rapaz foi assassinado na frente da mãe e da namorada, a caminho do trabalho. A mãe foi baleada de raspão quando tentou impedir o crime.

Dionatan Fernando Soares da Silva, 21 anos, seguia para o trabalho com as duas mulheres pela Rua Romário Adalberto Oleskowicz, nas moradias Rio Bonito, bairro Tatuquara. Eles caminhavam perto de três rapazes, que iniciaram uma discussão com Dionatan.

A briga ficou mais intensa, e a vítima foi atingida por um tiro na lateral da cabeça. Quando Dionatan caiu no chão, foi atingido por várias pedradas até a morte. A mãe dele, Izaquel Soares da Silva, 41 anos, tentou intervir e foi baleada de raspão no rosto. Ela foi medicada no Hospital do Trabalhador e passa bem.

De acordo com o delegado Rubens Recalcatti, titular da DH, o motivo do crime foi um suposto relacionamento de Dionatan com outra mulher. Ele vai ouvir as testemunhas nesta semana para tentar identificar os três envolvidos no crime.