A habilidade rara de Alessandro Garcia da Silva, conhecido como “Chico”, 27 anos, poderia ser usada para muitas atividades de pessoas de bem, mas, pelo jeito, o rapaz optou por outro caminho. Ele tem coordenação nas duas mãos (ambidestro) e é suspeito de matar Anderson Fernandes dos Santos, 25, com duas armas ao mesmo tempo.

Ele foi preso na manhã de terça-feira por policiais da delegacia de Pinhais, no bairro Pio XII. Alessandro já respondia por outro homicídio. Segundo a polícia, testemunhas reconheceram-no como o rapaz que desceu de uma motocicleta vermelha com uma arma em cada mão, em 30 de outubro do ano passado.

Alessandro atirou contra Anderson e o irmão dele, que estavam na frente de casa conversando com familiares. Somente Anderson foi atingido, e não resistiu aos ferimentos. De acordo com o delegado Fernando Zanoni, o motivo do crime foi desavença entre a vítima, Alessandro e o rapaz que pilotava a moto, que foi identificado como Jonas Ribeiro de Carvalho Neto, o “Negão”, 25.

O pedido de prisão de Jonas, que teria aguardado Alessandro disparar e ajudado na fuga, deve ser feito nos próximos dias. Conforme Fernando, a vítima também tinha antecedentes criminais, por porte ilegal de arma. Em entrevista à imprensa, Alessandro negou a participação no crime. Quando questionado se ele atirava com as duas mãos, brincou: “com as quatro”.