A Cervejaria Ambev, dona de marcas como Budweiser, Stella Artois e Corona, acaba de abrir seu programa de Trainee 2019. Para este ano, a empresa decidiu reestruturar o processo seletivo e reuniu as opções oferecidas anteriormente numa única seleção. Os candidatos poderão concorrer em três categorias: Supply, Business e Tech. O grande atrativo, além de aprender uma nova profissão? O salário inicial é de R$ 6,4 mil.

As inscrições podem ser feitas até o dia 7 de abril pelo site da cervejaria.

A Cervejaria Ambev procura candidatos autênticos, curiosos, mão na massa, resilientes e que se identifiquem com a cultura de empreendedorismo e inovação. Para se inscrever, é necessário ter até dois anos de formado ou previsão de conclusão do curso para até julho de 2019, conhecimento em inglês e interesse em morar em qualquer estado. O processo é aberto a todas as áreas de formação e para jovens do país inteiro.

O novo programa consiste em um treinamento de quatro meses. Neste período, os jovens transitam por diferentes áreas e os executivos de cada setor compartilham suas experiências cervejeiras com os selecionados.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

Em Supply, os candidatos farão uma imersão nas atividades industriais da Cervejaria Ambev, com experiências voltadas ao passo a passo da produção cervejeira, de refrigerantes, logística, suprimentos, engenharia, dentre outros.

Na categoria Business, os treinamentos e atuação serão voltados para o universo dos negócios em áreas como vendas, marketing, financeiro, relações corporativas e jurídico.

Já a escolha pela frente Tech é para os interessados em inovação e tecnologia. Nesse setor, os trainees terão contato com tendências e transformação digitais no mercado cervejeiro, a fim de criar soluções inovadoras para a companhia.

Um dos diferenciais, segundo a empresa, é proporcionar conhecimento em gestão e liderança desde o primeiro dia, acelerando o desenvolvimento da carreira dos trainees. Com essa formação, os aprovados constroem uma visão holística do negócio, que os prepara para assumirem funções em diferentes áreas ao longo de suas trajetórias na empresa.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Na edição 2019 do programa, mesmo aqueles que não passarem na seleção vão participar de discussões e aprender sobre práticas do mercado de trabalho, durante o processo seletivo. “As empresas precisam adaptar suas práticas para atração e retenção de talentos. Por isso, optamos por escutar os jovens que estão entrando no mercado de trabalho e entender quais são as suas preocupações e prioridades ao escolher uma empresa para se trabalhar”, comenta Renato Biava, diretor de Gente e Gestão da Ambev.

As etapas do processo de seleção serão realizadas entre os meses de março e junho e incluem testes online de inglês, perfil e raciocínio lógico, seguidos pela apresentação de uma análise de case e entrevistas, também online. Quando aprovados, começam, então, as etapas presenciais. Os candidatos passam pela realização de um painel de negócios, para o qual precisam desenvolver um case em equipe e, finalmente, as últimas entrevistas acontecem com os vice-presidentes e o presidente da Cervejaria Ambev. No encerramento, os selecionados serão admitidos como funcionários.

Apesar da concorrência da internet, locadoras ainda sobrevivem em Curitiba