Morreu na madrugada desta quinta-feira (08), por volta das 3h45, o preso Jair de Oliveira, de 53 anos, dentro da Delegacia de Campo Largo, onde estava detido pela segunda vez por tráfico de drogas.

De acordo com o delegado, Juscelino Aparecido Bayer, um ataque cardíaco teria sido a causa da morte. Somente com o resultado dos exames do Instituto Médico Legal (IML) que se saberá com precisão o motivo da morte do detento, que deixou esposa, filhos e netos.

Em menos de 12 meses, Oliveira foi parar na Delegacia de Campo largo duas vezes. Ambas prisões foram por conta da venda de drogas no Bar Tiziu, de propriedade dele e da família.

O estabelecimento localizado em no bairro Popular Velha, de Campo Largo, foi o endereço onde os policias efetuaram o flagrante na segunda e última vez em que Oliveira foi preso.

“Ele tinha sido liberado em agosto do ano passado e voltou em fevereiro deste ano pelo mesmo crime”, contou o delegado. Ainda não havia sido marcada a audiência para o caso de Oliveira.