Um homem morreu após tentar roubar um carro e os pertences de uma família no bairro Xaxim, em Curitiba, na manhã desta quarta-feira (28). Uma das vítimas da abordagem do suspeito e seu comparsa reagiu e, aproveitando um momento de distração, disparou contra os dois homens. Toda a ação foi flagrada por câmeras do sistema de segurança de uma casa vizinha.

Assista o vídeo abaixo.

A ocorrência foi na Rua Pedro Moro Netto. Os dois homens abordam a família e tentam levar um veículo Toyota Yaris que estava estacionado. A dupla chegou, um dos homens mostrou a arma e enquanto o outro recolhia os pertences das vítimas, uma delas reagiu.

Segundo informações da Polícia Militar do Paraná (PMPR) no carro havia um homem já idoso e duas mulheres. Foi então que o passageiro, que até o momento não foi identificado, se escondeu atrás de um poste e aguardou até que os bandidos entrassem no carro. Quando percebeu a oportunidade, o idoso apontou a arma e efetuou os disparos. Os criminosos fugiram, mas o rapaz de aproximadamente 25 anos, caiu baleado cerca de 100 metros dali.

Quando a viatura da PM chegou ao local, o suspeito já havia morrido. O homem que atirou passou mal e precisou ser atendido por uma equipe do Siate. Segundo testemunhas, logo após o fato, o comparsa ao perceber que o amigo havia sido baleado, retornou para pegar a arma. Um carregador de pistola 9mm com seis munições intactas foi localizado próximo ao corpo. Um dos suspeitos tentou atirar durante a ação, mas a arma teria falhado.

Abordagem a dois veículos

Segundo informações da PM, ainda no local, vizinhos notaram a presença de um veículo Renault Kangoo com dois indivíduos em atitude suspeita, que rodava pela região. Uma equipe realizou o patrulhamento e efetuou a abordagem aos novos suspeitos. Durante a revista, foi verificado que o passageiro era primo do assaltante. A suspeita é de que eles estariam ali para dar apoio a dupla. Os dois indivíduos foram conduzidos à delegacia para depoimento.

Junto com o baleado em óbito, foi localizada a chave de um Voyage. Os policiais militares fizeram novas buscas pelo local encontraram o carro, que não tinha alerta de roubo. Depois de localizar o proprietário, ele disse que havia emprestado o veículo para um conhecido.

Em nota preliminar, a Polícia Civil informou que o idoso passou mal por conta da situação e precisou ser conduzido ao hospital. O caso foi encaminhado para a Central de Flagrantes e na sequência para a Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos e para o distrito da área.

*Colaboração: Rodrigo Cunha