A recente redução nos horários de duas linhas de ônibus está dificultando o acesso dos moradores de Balsa Nova ao município de Campo Largo, necessário para aqueles que trabalham ou precisam ir à cidade vizinha por outros motivos.

Há cerca de duas semanas, a empresa que opera as linhas São Caetano e Bugre, Águias Tur Balsa Nova Ltda, tirou alguns veículos de circulação em determinados horários do dia, nos períodos da manhã e da tarde, bastante utilizados por seus usuários.

De acordo com a operadora de caixa Daiane Francini Lenartovicz, que utiliza diariamente o transporte coletivo para ir a Campo Largo, onde trabalha, só na linha Bugre foram retirados quatro horários.

“No começo da tarde, que é considerado um horário de pico, tiraram os ônibus das 14h e das 15h. À noite e nos finais de semana é ainda pior”, conta. De acordo com o site da empresa, neste período, os ônibus só saem da região de Bugre às 13h ou às 16h30.

Na linha São Caetano, a situação não é muito diferente. “Não sei dizer ao certo quantos horários foram mudados, mas com certeza o que eu utilizava foi tirado. Venho todos os dias para Campo Largo para visitar meu padrasto, que está na UTI, e antes o horário dava certinho.

Como o horário de visita começa às 15h, eu vinha em um ônibus que chegava aqui bem nesse horário. Agora, tenho que sair de lá (São Caetano) às 12h30 e ficar esperando até 15h para fazer a visita”, explica a jovem Joslaine Ferreira da Silva, atualmente desempregada.

Devido à falta de ônibus, alguns moradores têm utilizado uma van para fazer o percurso até Campo Largo, de acordo com Daiane. Além disso, os moradores da região também reclamam das condições dos ônibus que fazem o percurso entre as duas cidades, com cerca de uma hora de duração.

“Esses dias, um ônibus chegou até a cair em uma valeta. Não conseguiu fazer a curva porque tinha muita gente”, conta a doméstica Elenira Conceição Portugal, que também utiliza a linha Bugre para ir trabalhar..

Sem aviso

De acordo com os usuários das duas linhas, a empresa não fez qualquer comunicado oficial a respeito das mudanças nos horários. “Ouvi dizer que tiraram os ônibus para colocar em outra linha, que vai para Itaqui”, comenta Joslaine.

Por enquanto, ninguém assume a culpa

A Prefeitura Municipal de Balsa Nova alegou que a fiscalização do transporte coletivo no município é realizada pela Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec), órgão ligado à Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano.

Já a Comec informou que não foi comunicada pela Águias Tur a respeito das mudanças feitas nas linhas. Os horários dos ônibus só podem ser alterados mediante autorização do órgão, que realiza um estudo sobre a necessidade de mudanças antes de liberá-las.

No entanto, a Coordenação também não chegou a receber qualquer informação ou reclamação por parte dos moradores de Balsa Nova sobre essa redução dos horários.

A única reclamação protocolada na Comec recentemente foi feita pela própria Águias Tur, em relação à van que estaria realizando o mesmo percurso das linhas ofertadas pela empresa. Neste caso, a providência do órgão foi a apreensão do veículo por falta de licença.