Mais um crime envolvendo agentes de segurança aconteceu em Curitiba, em menos de um mês. O investigador da Polícia Civil Nielsen Custódio da Silva, 36 anos, foi morto durante um assalto na noite desta terça-feira (28), enquanto jantava com a namorada em um restaurante japonês na Rua Professor Ulisses Vieira, próximo ao cruzamento com a Rua Tabajaras, Vila Izabel.

Segundo a Polícia Civil, por volta das 22h, quatro homens armados entraram no restaurante e anunciaram o assalto. O policial teria levantado e os bandidos pensaram que ele iria reagir. O investigador acabou baleado no peito. Os assaltantes fugiram com pertences dos clientes e a arma do policial.

Em pânico, funcionários do restaurante chamaram os socorristas do Siate, mas o policial morreu antes da chegada da ambulância. O jovem investigador de polícia não teve sequer tempo de sacar a pistola calibre ponto 40 que carregava na cintura. O tiro o acertou pouco acima do coração.

Buscas

Minutos após o crime, policiais civis, militares e guardas municipais se uniram na caçada aos assassinos de Nielsen. Segundo informações, dois dos bandidos estavam armados e tinham apoio de um carro, que estaria na esquina os esperando.

Informações, ainda não confirmadas pela Polícia Civil, são de que o bandido que atirou no policial teria o reconhecido. O rapaz pode ter atirado como vingança e não por susto pelo policial ter se levantado.

Carioca

Foto: Reprodução/Facebook.

O investigador, que era carioca, estava lotado na Delegacia de Furtos e Roubos (DFR), no Jardim Botânico. Segundo a Polícia Civil, Nielsen veio do Rio de Janeiro depois de passar no último concurso.

A família do policial chegou por volta das 9h desta quarta-feira (29) em Curitiba. O corpo foi recolhido do Instituto Médico-Legal por volta de meio-dia. Todos em choque, nenhum dos familiares quis falar com as equipes de reportagem.

O corpo de Nielsen foi encaminhado a uma funerária, no Largo da Ordem, onde deve ser preparado para ser levado de volta ao Rio de Janeiro. Um cortejo com acompanhamento de várias equipes policiais está marcado para as 17h. 

Paraná Online no Facebook