Condenado pela morte de Pedro Augusto Bueno de Oliveira, morto a tiros ao sair de casa para buscar lanche para o filho pequeno, no bairro Tatuquara, Bruno Sampaio Garrido, conhecido como “Brown”, 28 anos, foi preso por equipe da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). A participação de Bruno em outros dois assassinatos é investigada pela polícia.

Pedro foi baleado em maio de 2009 e morreu antes de chegar ao hospital. Bruno foi condenado pela 1ª Vara do Júri de Curitiba e a prisão dele foi feita por policiais da DHPP na quarta-feira (3).

O delegado José Vitor Silva Pinhão informou que Bruno é suspeito de outro homicídio ocorrido na mesma região em 2010, em que a vítima foi Leandro Oliveira. Ainda conforme o delegado, também está sendo apurada a participação do rapaz em um terceiro assassinato. Bruno foi encaminhado ao Centro de Triagem I.