A Polícia Civil do Paraná e de São Paulo realizam na manhã desta terça-feira (29) 24 ordens judiciais no Paraná de uma investigação que mira uma associação criminosa que teria desviado milhões de reais desviados da saúde pública por meio de contratos de gestão em diferentes municípios de São Paulo. O esquema de corrupção envolve empresários, agentes públicos e profissionais liberais do Paraná e de São Paulo.

LEIA TAMBÉMQuadrilha que organizava rinhas de galo em todo o país é alvo de operação da Polícia Civil

No Paraná, a polícia cumpre nove mandados de prisão preventiva e 15 de busca e apreensão em Curitiba e região metropolitana e em Londrina, ao norte do estado. Nesta manhã, a polícia apreendeu mais de R$ 24 mil em espécie num dos alvos da operação, em Pinhais, na região metropolitana.

Ao todo, mais de 300 ordens judiciais são cumpridas em todo o país. Batizada de “Raio X”, a operação é parte de uma investigação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado de São Paulo (Gaeco-SP).