Mais de quatro mil pessoas que moram nas vilas São Carlos e Santo Antônio, no Pinheirinho, ganharam nesta terça-feira (29) uma importante unidade de atendimento social.

A Unidade de Atendimento Social São Carlos, vinculada ao CRAS (Centro de Referência de Ação Social) Rua da Cidadania Pinheirinho, irá oferecer Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família, serviço de convivência e fortalecimento de vínculos para as famílias e cursos profissionalizantes, entre outros.

“É a descentralização dos serviços da Prefeitura, uma forma de permitir melhor acesso dessas famílias aos programas sociais municipais”, afirmou o prefeito Luciano Ducci. “Este local será um importante ponto de apoio para esta comunidade”.

O prefeito comentou que é graças a ações como esta que Curitiba conseguiu reduzir a pobreza em números bem acima da média nacional, bem como diminuir o desemprego e aumentar a renda média.

“É preciso priorizar as pessoas, por isso temos tanto cuidado as famílias, principalmente com as crianças e com os idosos”, disse Luciano Ducci. Ele afirmou que os 45 CRAS implantados na cidade atendem as necessidades imediatas da população. “É uma maneira de acolher a comunidade do local, promover a inclusão social e proporcionar uma vida melhor”, resumiu o prefeito.

A presidente da Fundação de Ação Social, Marry Ducci, comentou que mais de mil famílias serão agora melhor atendidas com a nova unidade inaugurada. “Este é um espaço que receberá a todos com muito carinho”, informou.

São Carlos – A líder comunitária Hilda Fiúza Graciano, comerciante que mora na região há 40 anos, falou da importância da inauguração da Unidade de Atendimento São Carlos para a comunidade local. “As pessoas aqui são carentes, falta muita informação, será ótimo que elas tenham perto de casa um local com tantos serviços”, comentou.

Ela lembrou que, naquele espaço, funcionou por mais de 20 anos a sede da Associação de Moradores da Vila São Carlos, da qual foi uma das fundadoras. A associação funcionava em regime de comodato. Após a sua desativação, a comunidade entregou o imóvel à Prefeitura que o reformou para abrigar a Unidade de Atendimento Social São Carlos.

O prédio tem área interna de 72,5 m² e o custo da reforma foi R$ 63.570,00. A capacidade de atendimento da unidade é de mil famílias por ano. Entre as atividades que serão desenvolvidas no local estão atendimento Social, cadastro único do Governo Federal (CadÚnico), acompanhamento à famílias do Projeto Família Curitibana, cursos profissionalizantes e grupos socioeducativos de crianças, jovens e idosos.