Um pescador levou um susto ao chegar às cavas do Rio Iguaçu, na divisa de Fazenda Rio Grande com Curitiba, no bairro Caximba, na manhã desta quinta-feira (8). O homem encontrou o corpo de um rapaz, de aproximadamente 25 anos. O jovem estava com as mãos algemadas para trás e tinha marcas de tiros pelo corpo.

Segundo os investigadores da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), por estar sem documentos, o rapaz não foi identificado. No braço esquerdo, ele tinha uma tatuagem que dizia “amor só de mãe”. A frase pode ajudar no reconhecimento da família.

Ele vestia jaqueta preta, bermuda verde e bege e tênis preto. Para a polícia, o rapaz foi levado ao local e, então, morto. Por estar algemado, os investigadores acreditam que os assassinos tentaram desvirtuar as investigações. Possivelmente colocou as algemas para que a polícia pensasse que o crime foi cometido por um policial.

Tatuagem indica que único amor verdadeiro da vítima era da mãe. (Foto: Polícia Civil)