enkontra.com
Fechar busca

Curitiba e Região

Bêbado

Pedreiro bate na mulher e mata cão em Pinhais

Como se não bastasse, ele ameaçou bater num bebê de quatro meses

  • Por Giselle Ulbrich, Afp

O pedreiro Adão Esmael Ferreira, 41 anos, foi preso em flagrante pela lei Maria da Penha e por matar um filhote de cão, na tarde de quarta-feira, em Pinhais. Além de bater na mulher e na enteada com um pedaço de pau e mordê-las, jogou o cachorro contra um muro. Ainda ameaçou bater num bebê de quatro meses.

De acordo com levantamentos do delegado Marcelo Magalhães, da delegacia de Pinhais, Adão chegou bêbado em casa, no Jardim Weissópolis, por volta das 16h de quarta-feira, e começou a discutir com a mulher. Para defender a mãe, a enteada, de 28 anos, se meteu na briga e levou pauladas e mordidas. A mãe, para proteger a filha, também foi ferida. Adão ameaçou bater, como pedaço de pau, num bebê de colo, filho de sua enteada.

Gritaria

Descontrolado, o homem pegou um filhote vira-latas, recém-adotado pela família, e jogou o cão duas vezes contra a parede. O animal não resistiu. A vizinhança, percebendo a gritaria, chamou a Polícia Militar, que prendeu o agressor em flagrante. Na delegacia, Magalhães autuou o pedreiro em flagrante por lesão corporal dupla, pela Lei Maria da Penha, além de maus-tratos contra animais agravado de morte.

Assim que o efeito da bebida começou a passar, Adão foi interrogado. Segundo o delegado, o detido admitiu as agressões. Apesar de dizer que se arrependeu, tentou alegar se defendeu. O delegado o manteve preso, sem direito a fiança.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Últimas Notícias

Mais comentadas