Surpreendido por dois assaltantes, quando estacionava seu Fluence prata na frente da casa do filho, por volta das 20h30 desta segunda-feira (23), o oficial da reserva do Exército Brasileiro, Wagner Furtado, 72 anos, sacou a pistola que carregava e reagiu a ação dos bandidos. A troca de tiros foi ouvida por vários moradores da Rua Alcides Terézio de Carvalho, Guabirotuba, e deixou marcas no carro de Wagner e em outros veículos de vizinhos. O idoso foi baleado no abdômen e pediu ajuda para um morador, que é policial civil, e que o levou ao Hospital Cajuru.

Wagner chegou ao pronto socorro em estado grave, mas estava consciente e conseguia falar. Passou por cirurgia e segue internado. No carro, durante o trajeto ao hospital, ele disse ao policial que o socorria que havia conseguido balear um dos assaltantes.

Fuga

A dupla de bandidos fugiu em um Gol prata, sentido Vila Hauer. Imagens das câmeras de segurança de algumas residências captaram toda a cena. Instantes depois dos tiros, policiais militares do 20.º Batalhão, uma equipe do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), da Polícia Civil, e cerca de 10 guardas municipais estavam no local.

Eles averiguaram em volta e dentro do Fluence e localizaram algumas cápsulas de pistola. Conversaram com vizinhos e alguns disponibilizaram as imagens do circuito de vigilância. Segundo a Polícia Militar, um dos bandidos era moreno claro e vestia moletom preto, calça jeans escura, tênis e boné branco. Características do segundo indivíduo não foram divulgadas.

Assaltos

O comerciante Edson Bonini, que mora a poucos metros do local, disse em entrevista ao Paraná Online, que foi vítima de um crime parecido há 20 dias. “Eram três. Dois se escondiam atrás das árvores e um ficou no carro, na esquina, dando cobertura. A dupla me rendeu no portão e levou meu carro. Estavam armados e preferi não reagir. Outros vizinhos também já foram atacados deste mesmo jeito”, contou Bonini.

Confira no vídeo os detalhes do assalto.