enkontra.com
Fechar busca

Curitiba e Região

Embriagado!

Motorista bêbado causou acidente que matou PM, diz delegado

Motorista do caminhão, que se apresentou como envolvido no acidente que vitimou o PM no último sábado, revelou ao delegado que tinha bebido. Defesa dele também confirmou o fato

  • Por Alex Silveira
Foto: Reprodução/ Whatsapp.

A Polícia Civil de São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, não descarta que a morte do soldado Lukas Raffael Gasparin Brandt, 29 anos, do 17.° Batalhão da Polícia Miltar (PM), tenha sido ocasionada por acidente doloso – quando o autor assume uma conduta de risco). A afirmação foi feita na tarde desta terça-feira (16) pelo delegado Amadeu Trevisan, responsável pela investigação.

+ Atenção! Você está a um clique de ficar por dentro do que acontece em Curitiba e Região Metropolitana. Tudo sobre nossa regiãofutebolentretenimento horóscopo, além de blogs exclusivos e os Caçadores de Notícias, com histórias emocionantes e grandes reportagens. Vem com a gente!

Segundo o delegado, o motorista do caminhão que atingiu a moto do soldado teria ingerido bebida alcoólica no dia do acidente, o que caracterizaria o dolo. A tragédia ocorreu na noite de sábado (13), por volta das 18h30, na Alameda Arpo, no Jardim Cruzeiro, em São José dos Pinhais, quando Lukas Brandt deixava o plantão no quartel da PM.

A afirmação do delgado Amadeu Trevisan foi feita um dia depois de o caminhoneiro ter se apresentado à polícia, para assumir a responsabilidade pelo acidente. Na tarde de segunda-feira (15), ao lado do advogado de defesa, o motorista foi até o local para tentar ser ouvido, mas Trevisan o dispensou por falta de agenda.

A dispensa do motorista causou desconforto, já que o caso envolvendo a morte de um policial militar repercutiu e causou comoção. O advogado de defesa chegou a falar com a imprensa na saída da delegacia, afirmando que o motorista é um cidadão de bem, sem antecedentes, e que, naquele dia, apenas teria ingerido duas cervejas no horário do almoço.

Trevisan explicou que deve ouvir o motorista e outras testemunhas dentro dos prazos do inquérito. “Não há pedido de prisão contra ele. Também já passou o tempo do flagrante. O inquérito está tendo uma tramitação normal. Entendemos que em casos de muita comoção temos que estar bem tranquilos para montar uma boa prova, demonstrar bem a autoria, a materialidade do delito”, disse o delegado, que também comentou sobre a agenda da delegacia. “Nós temos um andamento. A pessoa não chega aqui para ser ouvida a hora que quer. É preciso ser intimada, agendar. Não havia nada programado com relação a isso”.

+ Morte de gerente financeiro pode ter reviravolta um ano após o crime

Sobre a investigação na linha de um acidente doloso, pesou o fato da esposa e do advogado afirmarem, em um primeiro momento, que o motorista ingeriu bebida alcoólica. “O que sabemos é que ele estava bêbado. Que ele entrou na contramão. E as provas estão nos autos. Tudo o que eu digo é baseado no que eu coleto no inquérito policial. Sabemos que ele não usou os freios, a não seu depois que ele sente um solavanco e se aproxima do meio-fio. Isso tudo pode indicar essa condição”, afirmou.

Nos próximos dias, além do motorista do caminhão, a polícia deve voltar a ouvir a esposa dele, policiais militares que atenderam a ocorrência e outras testemunhas já identificadas na região próxima do acidente. Segundo a polícia, o caminhão já passou por perícia e o flagrante do motorista não foi feito no sábado por ele não ter sido encontrado.

Identificados os torcedores do Athletico que espancaram homem após jogo contra o Inter

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

6 Comentários em "Motorista bêbado causou acidente que matou PM, diz delegado"


Mais Do Mesmo
Mais Do Mesmo
1 mês 7 dias atrás

Os dois estavam errados, porém o erro do motorista é muito mais grave.

Rafael Pilha
Rafael Pilha
1 mês 7 dias atrás

Errado ? O PM estava ultrapassando dentro da pista dele, é só ver as faixas da pista no vídeo e verá que o caminhão invadiu a pista em que ele estava, é nítido.

fernando. fernando
fernando. fernando
1 mês 7 dias atrás

o caminhoneiro tinha bebido, e invadiu a pista contrária…está errado, e é o culpado pelo acidente, agora não esquecer que pelo vídeo, o soldado estava ultrapassando em local de proibida ultrapassagem…

Rafael Pilha
Rafael Pilha
1 mês 7 dias atrás

Pelo vídeo o PM estava ultrapassando dentro da faixa dele, pois a kombi vai para direita quando vê o caminhão e o militar aproveita a passagem, só ver pela faixa no vídeo, mais claro que isso impossível.

Blazy  of Glory
Blazy of Glory
1 mês 7 dias atrás

levando.levando, isso é verdade…a imagem é ruim…..mas o motoqueiro estava ultrapassando em faixa dupla

Jalim Rabei
Jalim Rabei
1 mês 7 dias atrás

A polícia civil de SJP precisa trabalhar nos homicídios ainda não solucionados também.

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas