Morreu aos 59 anos, neste domingo (26) o ator e carnavalesco Saul D’Ávila. Filho dos atores Edson e Delcy D’Ávila, também ator e foi fundador e diretor da escola de samba Embaixadores da Alegria. Um dos principais carnavalescos de Curitiba, foi durante anos presidente da Liga das Escolas de Samba de Curitiba.

D’Ávila também foi professor universitário e um dos mais importantes chefes de grupos escoteiros em Curitiba. O artista tinha câncer e estava internado na UTI do hospital Erasto Gaertner. O velório acontecerá nesta segunda-feira (27), às 16h, no cemitério Jardim da Saudade, na Avenida João Bettega (Portão).

O prefeito Rafael Greca se manifestou sobre a morte do artista. “Fui ao seu barracão na colina da Fazendinha, em 2012, ver os caprichosos preparativos do Carnaval. Possam os Anjos velar seu repouso com cânticos de glória. A querida família seja consolada na fé de que Saul agora está do outro lado do Caminho. Curitiba pranteia o mestre de cultura”, disse Greca em nota distribuída por sua assessoria de comunicação.