O policial militar Matheus Dall’Agnol, 20 anos, que atirou em um rapaz durante briga na saída de uma casa noturna no Batel, na madrugada de domingo, foi solto ontem à tarde. Ele estava detido na sede do Batalhão de Polícia de Guarda (BPGd) em Piraquara. Gustavo Henrique Bontorin Waller, 19, continua internado em estado grave no Hospital Cajuru. De acordo com socorristas que atenderam o jovem, o tiro entrou pelas costas e saiu na barriga.

Defesa

Mesmo assim, os advogados do policial alegam que ele agiu em legítima defesa. Imagens das câmeras de segurança da casa noturna teriam sido entregues ao judiciário. Segundo a defesa, elas mostram que Matheus estava sendo agredido quando sacou a arma e atirou para impedir que continuasse apanhando. O PM, que trabalhava no 13.º Batalhão, deve ficar restrito a serviços administrativos enquanto responde ao processo. (JA)