enkontra.com
Fechar busca

Curitiba e Região

Mistério

Jovem tem chamada de vídeo interrompida e depois desaparece

Caso chegou ao conhecimento da família por um amigo, que informou sobre a estranha movimentação que testemunhou na casa da moça pela ligação de vídeo

  • Por Maria Luiza Piccoli
Foto: Reprodução

Sem notícias da filha, desaparecida desde a madrugada da última quarta-feira (09), Cleuza Gonçalves passou o dia das mães em completa angústia. O misterioso paradeiro da estudante de direito, Andriele Gonçalves, 22 anos, intriga familiares e amigos, que apelam por informações nas redes sociais. O caso aconteceu no bairro Alto Maracanã, em Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), onde a jovem mora. A suspeita é de que o ex-marido da moça possa estar envolvido no caso.

Segundo Cleuza, Andriele desapareceu por volta da 1h, depois de desligar uma chamada de vídeo na qual conversava com um amigo. O caso chegou ao conhecimento da família pelo próprio rapaz que informou aos familiares sobre a estranha movimentação que testemunhou na casa da jovem pela ligação de vídeo.

Conforme contou à família, eles conversavam normalmente quando foram interrompidos por um barulho na casa. Depois disso, Andriele fez uma “cara de pânico” e começou a agir de forma estranha. A ligação caiu e, algumas horas depois, ele recebeu em seu celular uma mensagem do celular da moça dizendo que não queria mais contato e que não conseguia parar de chorar.

Buscas

Ao saber da situação, os pais de Andriele tentaram entrar em contato com ela mas não conseguiram. A única notícia que tiveram chegou ao celular de Cleuza, também por uma estranha mensagem de texto, supostamente enviada por Andriele, na qual a moça afirmava que estaria se mudando para São Paulo. A família, no entanto, suspeita de que a mensagem não tenha sido escrita pela jovem.

Estudante de direito e vendedora de uma loja de roupas em Colombo, Andriele foi casada por 5 anos com um policial militar. Segundo Cleuza, o relacionamento acabou recentemente e apesar do apartamento pertencer ao marido, Andriele foi quem permaneceu no imóvel após a separação. À Tribuna do Paraná, a mãe da jovem afirmou que o policial nunca apresentou indícios de violência contra sua filha, mas que ele não aceitou bem a fim da relação.

Apesar de já estar sendo investigado pela Polícia Civil, o caso segue sem novidades.

Quaisquer informações podem ser passadas à polícia pelos telefones: (41) 3605-6550 ou (41) 3656-8600

https://www.tribunapr.com.br/noticias/curitiba-regiao/carro-incendiado-pode-ser-de-motorista-desaparecido-na-vespera-do-dia-das-maes/

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

15 Comentários em "Jovem tem chamada de vídeo interrompida e depois desaparece"


Almir Borges
Almir Borges
9 meses 10 dias atrás

Engraçado que esse Gadiego Lôpez está sempre nessas notícias de crimes, comentando sarcasticamente a morte dos outros. Só podia ser um porco atleticano, mesmo. O nome Gadiego nem existe. É a forma analfabética de escrever Gallego, na pronúncia espanhola argentina.

Pablo
Pablo
9 meses 8 dias atrás

Uma pena antes dela tivesse sido você
Um arrombado coxa branca porco

Almir Borges
Almir Borges
9 meses 10 dias atrás

O palhaço Exterminador, outro kornilov (em homenagem à Copa da Rússia) atleticano, idem. Devem ser kornilovs sofridos porque o que odeiam mulheres não tá no gibi. Pior é que suas mulhas devem ter traído com um coxa ou paranista pra aumentar a raiva dos dois.

Alvares
Alvares
10 meses 7 dias atrás

safra nova da polícia militar tá dando. muito trabalho pra corregedoria

Dan Martins
Dan Martins
10 meses 7 dias atrás

Calem essa boca de vocês! A mulher está desaparecida, a família desesperada por notícias e os _idiotas fazendo piadinha. Queria ver se fosse mãe, irmã ou filha de um de vocês, _imbecis!

Inversão de Valores
Inversão de Valores
10 meses 7 dias atrás

O cara casou com a menina quando ela tinha 17 anos. Por lei não caracteriza pedofilia?

Mário
Mário
10 meses 5 dias atrás

Acima de 16 anos , com permissão dos pais , não .

lally
lally
10 meses 6 dias atrás

Por lei nao caracteriza não. Vai estudar cara.

otacilio vieira custer
otacilio vieira custer
10 meses 7 dias atrás

Piadinha ou não é uma simples realidade.

Flavio Steiner
Flavio Steiner
10 meses 7 dias atrás

Essa já era…

Ribas Tiago
Ribas Tiago
10 meses 8 dias atrás

Essa mulherada são espertinha, acabam o relacionamento mas não querem sair do imóvel. Tem que se cuidar com essas pobretonas de rotinho bonito.

lally
lally
10 meses 6 dias atrás

Elas são espertinhas ou voces que nao sabem garantir o bem e jogam responsabilidades pra todos? Ja ouviu falar em regimes de comunhão? Para de ser ridiculo, a menina desaparece e a culpa é dela?

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas