enkontra.com
Fechar busca

Curitiba e Região

Mistério

Jovem tem chamada de vídeo interrompida e depois desaparece

Caso chegou ao conhecimento da família por um amigo, que informou sobre a estranha movimentação que testemunhou na casa da moça pela ligação de vídeo

  • Por Maria Luiza Piccoli
Foto: Reprodução

Sem notícias da filha, desaparecida desde a madrugada da última quarta-feira (09), Cleuza Gonçalves passou o dia das mães em completa angústia. O misterioso paradeiro da estudante de direito, Andriele Gonçalves, 22 anos, intriga familiares e amigos, que apelam por informações nas redes sociais. O caso aconteceu no bairro Alto Maracanã, em Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), onde a jovem mora. A suspeita é de que o ex-marido da moça possa estar envolvido no caso.

Segundo Cleuza, Andriele desapareceu por volta da 1h, depois de desligar uma chamada de vídeo na qual conversava com um amigo. O caso chegou ao conhecimento da família pelo próprio rapaz que informou aos familiares sobre a estranha movimentação que testemunhou na casa da jovem pela ligação de vídeo.

Conforme contou à família, eles conversavam normalmente quando foram interrompidos por um barulho na casa. Depois disso, Andriele fez uma “cara de pânico” e começou a agir de forma estranha. A ligação caiu e, algumas horas depois, ele recebeu em seu celular uma mensagem do celular da moça dizendo que não queria mais contato e que não conseguia parar de chorar.

Buscas

Ao saber da situação, os pais de Andriele tentaram entrar em contato com ela mas não conseguiram. A única notícia que tiveram chegou ao celular de Cleuza, também por uma estranha mensagem de texto, supostamente enviada por Andriele, na qual a moça afirmava que estaria se mudando para São Paulo. A família, no entanto, suspeita de que a mensagem não tenha sido escrita pela jovem.

Estudante de direito e vendedora de uma loja de roupas em Colombo, Andriele foi casada por 5 anos com um policial militar. Segundo Cleuza, o relacionamento acabou recentemente e apesar do apartamento pertencer ao marido, Andriele foi quem permaneceu no imóvel após a separação. À Tribuna do Paraná, a mãe da jovem afirmou que o policial nunca apresentou indícios de violência contra sua filha, mas que ele não aceitou bem a fim da relação.

Apesar de já estar sendo investigado pela Polícia Civil, o caso segue sem novidades.

Quaisquer informações podem ser passadas à polícia pelos telefones: (41) 3605-6550 ou (41) 3656-8600

https://www.tribunapr.com.br/noticias/curitiba-regiao/carro-incendiado-pode-ser-de-motorista-desaparecido-na-vespera-do-dia-das-maes/

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

15 Comentários em "Jovem tem chamada de vídeo interrompida e depois desaparece"


Almir Borges
Almir Borges
11 meses 12 dias atrás

Engraçado que esse Gadiego Lôpez está sempre nessas notícias de crimes, comentando sarcasticamente a morte dos outros. Só podia ser um porco atleticano, mesmo. O nome Gadiego nem existe. É a forma analfabética de escrever Gallego, na pronúncia espanhola argentina.

Divair Oliveira
Divair Oliveira
11 meses 10 dias atrás

Uma pena antes dela tivesse sido você
Um arrombado coxa branca porco

Almir Borges
Almir Borges
11 meses 12 dias atrás

O palhaço Exterminador, outro kornilov (em homenagem à Copa da Rússia) atleticano, idem. Devem ser kornilovs sofridos porque o que odeiam mulheres não tá no gibi. Pior é que suas mulhas devem ter traído com um coxa ou paranista pra aumentar a raiva dos dois.

Alvares
Alvares
1 ano 9 dias atrás

safra nova da polícia militar tá dando. muito trabalho pra corregedoria

Arauto D.
Arauto D.
1 ano 10 dias atrás

Calem essa boca de vocês! A mulher está desaparecida, a família desesperada por notícias e os _idiotas fazendo piadinha. Queria ver se fosse mãe, irmã ou filha de um de vocês, _imbecis!

Inversão de Valores
Inversão de Valores
1 ano 9 dias atrás

O cara casou com a menina quando ela tinha 17 anos. Por lei não caracteriza pedofilia?

Mário
Mário
1 ano 8 dias atrás

Acima de 16 anos , com permissão dos pais , não .

lally
lally
1 ano 8 dias atrás

Por lei nao caracteriza não. Vai estudar cara.

otacilio vieira custer
otacilio vieira custer
1 ano 9 dias atrás

Piadinha ou não é uma simples realidade.

Flavio Steiner
Flavio Steiner
1 ano 10 dias atrás

Essa já era…

Ribas Tiago
Ribas Tiago
1 ano 10 dias atrás

Essa mulherada são espertinha, acabam o relacionamento mas não querem sair do imóvel. Tem que se cuidar com essas pobretonas de rotinho bonito.

lally
lally
1 ano 8 dias atrás

Elas são espertinhas ou voces que nao sabem garantir o bem e jogam responsabilidades pra todos? Ja ouviu falar em regimes de comunhão? Para de ser ridiculo, a menina desaparece e a culpa é dela?

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas