A polícia trata como homicídio a morte de um adolescente, de 16 anos, no Educandário São Francisco, em Piraquara, ocorrida na tarde de segunda-feira. Os indícios são que o garoto brigou e foi estrangulado com um cordão de nylon. “Havia resquícios de cordão na mão de um dos envolvidos na confusão”, explicou o delegado Amadeu Trevisan, de Piraquara.

O suspeito será ouvido na delegacia, juntamente com funcionários do educandário e outros adolescentes que presenciaram a briga. Caso se confirme que o autor do crime é o adolescente, o caso será encaminhado à Vara da Infância e Juventude. Familiares contaram que a vítima cumpria pena de três anos por pichação e tentativa de assalto. Ele estava no educandário há um mês.

Nota

Em nota, a Secretaria da Família e Desenvolvimento Social lamentou “profundamente o falecimento do adolescente”, e informou que medidas administrativas serão tomadas para minimizar as consequências do “triste episódio”, assim como investigará os fatos. Esta foi a segunda morte registrada no educandário em pouco mais de um ano. Em junho do ano passado, um adolescente, de 14 anos, também foi morto numa briga.