Maicon Cardoso de Lima, 32 anos, morreu carbonizado na casa onde morava com a mulher e os dois filhos, na Rua Arnica, Santa Maria, em Piraquara. O incêndio consumiu a residência, ontem por volta das 12h30. Maicon estava caído na sala e a poucos metros da porta e de uma janela da casa de 40 metros quadrados.

Moradores contaram que Maicon e a esposa tinham discutido uma hora antes do fogo começar. O motivo da briga, relataram os vizinhos, é que Maicon teria saído para passear na segunda-feira e só retornado na manhã de ontem.

Os investigadores não descartam que ele tenha desmaiado antes de o incêndio começar ou mesmo ter sido morto. A mulher e os filhos não estavam no bairro na hora do incêndio. A delegacia de Piraquara espera o laudo do Corpo de Bombeiros, para apurar as causa do incêndio, e deve ouvir, nesta semana, a mulher da vítima.