enkontra.com
Fechar busca

Curitiba e Região

Denúncia

Homem é detido após tentar olhar por baixo de vestido de mulher em ônibus

  • Por Redação / Tribuna do Paraná
Foto: Reprodução/Google

Um suspeito de importunação sexual dentro de um ônibus foi detido pela Guarda Municipal, na manhã desta quarta-feira (5), nas proximidades do terminal Campina do Siqueira.

De acordo com informações da Prefeitura de Curitiba, a vítima estava no biarticulado Centenário/Campo Comprido quando o suspeito teria entrado no ônibus sem pagar a tarifa e após tentativas do suspeito de olhar por baixo do vestido que estava usando, ela mudou de lugar no ônibus e foi seguida pelo homem. Ao sentar ao lado dela, o suspeito tentou impedir a saída dela do banco.

O suspeito e a vítima foram encaminhados para a Delegacia da Mulher, para as providências cabíveis.

+Leia também: Surdo-mudo tenta assaltar posto com bilhete na mão. “Isso é um assalto”!

Casos de importunação sexual e assédio sexual no transporte coletivo podem ser denunciados para a Guarda Municipal pelo telefone 153. A viatura mais próxima será acionada para o atendimento.

A denúncia pode ser feita pela vítima ou por testemunhas. É importante que a comunicação ao órgão oficial ocorra o mais breve possível, enquanto os envolvidos ainda estiverem dentro do transporte coletivo, para propiciar a abordagem.

Suspeitos de terem algemado e agredido policial em Curitiba são presos

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

22 Comentários em "Homem é detido após tentar olhar por baixo de vestido de mulher em ônibus"


Kevin Mamar
Kevin Mamar
4 meses 18 dias atrás

Umas belas porradas resolveriam os problemas “psiquiátricos” desse sujeito. Longe de querer justificar qualquer atitude, porém as moçoilas deveriam ver bem o que forem vestir para posteriormente sair para rua, pois estamos na cidade e não na praia.

Marc Antoni
Marc Antoni
4 meses 18 dias atrás

umas camaçadas de po*rrada talves ajude ele a mudar de vida.

Cláudio
Cláudio
4 meses 18 dias atrás

O efeito “capitão” vai se voltar contra ele mesmo.
Colocou na cabeça do povo essas mer.. . de idéias e agora que segure o rojão.
Se acalmem machinhos de teclado. Aqui ainda é uma democracia e ainda temos uma carta magna. Gastem o tempo exigindo o cumprimento das Leis já existentes.

Marc Antoni
Marc Antoni
4 meses 18 dias atrás

viu, vai lá na delegacia e paga a fiança dele, e leva para sua casa, ajude ele a conhecer as mulheres de sua familia, ele vai gostar.

Cláudio
Cláudio
4 meses 18 dias atrás

Após o linchamento, poderiam decepar as mãos de uns meninos que roubaram umas galinhas aqui perto.
Lei? Pra que lei né?
Viva os tiroteios entre as torcidas organizadas. Vamos resolver nós mesmos.
Resolveremos todos os problemas do Brasil.

Evelyn Mello
Evelyn Mello
4 meses 19 dias atrás

Dá prá ver que precisa muito é de tratamento psiquiátrico. Só pode ser doença ou problema lá da infância. Por qualquer coisa é: “Linchamento resolve isso”. Atitude igualzinha às famílias Bostanaro e Bittes.

Alvaro Barbarini
Alvaro Barbarini
4 meses 19 dias atrás

É né, mas o traste do Daniel deixou a filha em casa para assediar mulher de bandido. Procurou, achou, mereceu. Papo nunca resolveu nada.

Eunicio Souza
Eunicio Souza
4 meses 19 dias atrás

leva pra tua casa,poe pra dormir com tua mae

Eunicio Souza
Eunicio Souza
4 meses 19 dias atrás

não confunda o modo operante do pt com os outros, tipo celso daniel, sabe? ….

Mário
Mário
4 meses 19 dias atrás

Ah sim , tipo o Toninho do PT de Campinas ?

Mário
Mário
4 meses 19 dias atrás

Quem gosta de bandido e o partido do “ andrade “ e da maconhela

João Silva
João Silva
4 meses 18 dias atrás

“Quem gosta de bandido e o partido do “ andrade “ e da maconhela”…
Nome completo, por favor: maconhela da vila.

Evelyn Mello
Evelyn Mello
4 meses 18 dias atrás

Beto Rica, Traiano, Nelson Justus, Rocha Loures, Osmar Serraglio, Derosso, Tánocu”che”, família Curi, família Fascistine, família Bueno, Barros,Lupion, delegado Recalcatti, Roberto Acioli, José Serra, Aécio Neve, Walckimin Dead, Sergio Moro, Japonês da Federal, Dallagnol, Carlos Lima……

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas