O helicóptero do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA), que sempre é usado para socorrer vítimas em estado grave, foi usado nesta quarta-feira (29) para uma ocorrência um pouco diferente. A aeronave precisou levar uma equipe policial ao local de um acidente fatal entre dois caminhões na BR-476, em Adrianópolis, Região Metropolitana de Curitiba (RMC). A colisão aconteceu na madrugada, por volta das 4h30, mas as imagens foram divulgadas nesta quinta-feira (30).

Foto: PRF.
Foto: PRF.

A colisão foi forte e um dos motoristas morreu na hora. Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o motorista de um dos caminhões colidiu na traseira do outro e ficou preso às ferragens. Jesuino Servidoni, 54 anos, que dirigia o gigante, morreu na hora. O outro motorista não se feriu.

Por causa da colisão, o trânsito no quilômetro 39 da rodovia ficou completamente bloqueado. Como precisava ser feita a análise técnica de como o acidente aconteceu, o perito do Instituto de Criminalística foi levado pelo helicóptero do Graer até o local.

A rodovia ficou bloqueada até por volta das 10h30 de quarta-feira, quando a perícia foi realizada e a viatura do Instituto Médico-Legal (IML) conseguiu chegar ao local para remover o corpo do motorista. A equipe da PRF ficou um pouco mais no local, até por volta das 23h, quando os dois veículos envolvidos foram retirados da pista e o trânsito normalizado por completo.