Após Jair Bolsonaro (PSL) anunciar que retomaria as comemorações do dia 31 de março, data em que foi deflagrado o golpe militar de 1964, que culminou na Ditadura Militar no Brasil, um grupo de curitibanos se reúne neste domingo (31) para protestar contra a decisão do presidente.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

Manifestação foi batizada com o nome de "Ditadura Nunca Mais". Foto: Átila Alberti/Tribuna do Paraná
Manifestação foi batizada com o nome de “Ditadura Nunca Mais”. Foto: Átila Alberti/Tribuna do Paraná

O protesto, batizado como “Ditadura Nunca Mais”, acontece a partir das 14h, na Praça 19 de Dezembro, mais conhecida como Praça do Homem Nu, no Centro Cívico, e são esperadas mais de duas mil pessoas na manifestação, segundo evento virtual no Facebook.

Manifestantes carregam cartazes com frases contrárias à Ditadura. Foto: Átila Alberti/Tribuna do Paraná
Manifestantes carregam cartazes com frases contrárias à Ditadura. Foto: Átila Alberti/Tribuna do Paraná

Mega Sena tem sorteio sem vencedor e prêmio vai pra R$ 15 milhões; veja números sorteados!