O terminal do Capão Raso, no bairro Novo Mundo, está com cobertura nova. A estrutura está passando por uma manutenção para correção de problemas como goteiras, infiltrações e ferrugem. O trabalho faz parte de um pacote de recuperação da Urbanização de Curitiba (Urbs) em 22 terminais de Curitiba. O investimento é de R$ 300 mil.

Segundo a prefeitura de Curitiba, antes do Capão Raso, a manutenção foi feita nos telhados dos terminais do Boqueirão, Centenário e Guadalupe. Foi feito um mapeamento completo de todos os terminais para identificar as urgências e resolver os principais problemas de cada um.

“Esses terminais estavam com problemas acumulados há anos pela falta de reforma mais profunda e eram os casos mais urgentes, mas o trabalho seguirá pelo decorrer do ano em todos os outros”, disse a gestora de Projetos e Obras da Urbs, Astrid Sanches.

A reforma no Capão Raso começou há duas semanas e o serviço seguirá por cerca de 60 dias. Estão sendo desobstruídas calhas, consertados os domos de fibra de vidro e eliminada a ferrugem que atingiu a estrutura metálica dos suportes do telhado.

Outros serviços

Segundo a Urbs, os 22 terminais estão passando também por verificações nas condições hidráulicas, elétricas e estruturais de cada local.

‘Caso Daniel’: testemunha sigilosa presta depoimento neste momento. Acompanhe tudo em tempo real!