enkontra.com
Fechar busca

Curitiba e Região

Futebol também faz parte da história de Curitiba

Os tempos mudaram, mas a torcida continua amando e sofrendo pelos times

  • Por Redação

Pão com bife

Hoje em dia, o torcedor que vai aos estádios conta com diversas opções de lanches para matar a fome durante os jogos. Tem pipoca, cachorro-quente, pizza e salgadinhos. Porém, os mais antigos jamais esquecem o famoso pão com bife, que era pedida certa ao longo das partidas e que, aos poucos, foi perdendo espaço nos estádios.

Divisão de torcidas

Atualmente, os estádios contam praticamente com apenas a torcida do clube mandante. Só 10% do espaço são destinados para os visitantes. Antigamente, era normal, em dias de clássicos, os estádios estarem divididos meio a meio. Em alguns casos, nem mesmo havia divisão de torcidas, deixando a rivalidade apenas dentro de campo.

Povão

Se a cada ano que passa o preço dos ingressos e do programa de sócios fica mais caro, afastando os torcedores dos estádios e elitizando o futebol, alguns anos atrás o esporte era do povão. Com casa cheia e pessoas de todos os níveis sociais acompanhando a partida, a democracia e a emoção tomavam conta das arquibancadas.

Aspirantes

Antigamente, categorias de base não eram algo comum no futebol. No entanto, as preliminares entre os aspirantes atraiam tanto público quanto o jogo principal. Vários bons jogadores  foram revelados assim.

Torneio Início

Era tradição os campeonatos estaduais abrirem a temporada com a disputa de torneios início. As equipes se reuniam numa cidade e jogavam duelos de 15 minutos, em que o escanteio valia tanto quanto um gol. O time que sobrasse, após os confrontos mata-mata, era declarado campeão.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

9 Comentários em "Futebol também faz parte da história de Curitiba"


ramiro williams
ramiro williams
6 anos 4 meses atrás

A rivalidade aumentou quando um presidente de clube montou um boteco no seu estádio para abrigar e comprar com cachaça os árbitros bebuns depois rolou viadagem que hoje é saudade do viúva(o)(a)… E o apito amigo virou amizade colorida e roubalheira.

alfredo palha
alfredo palha
6 anos 4 meses atrás

..passavamos eu era criança com meu pai e mexiamos com eles e nos jogavam pó de arroz, por que eramos coxas brancas..realmente era um bom tempo, diversão domingo vi grandes jogos no couto..pena que futebol virou bandalheira.

alfredo palha
alfredo palha
6 anos 4 meses atrás

..Cansei de assistir atletibas no couta desde inicio da década de setenta, as torcidas eraam misturadas, os pó de arros como eram chamados os atleticanos ficavam geralmente a maior parte on de hoje é a curva da geral…

2 x Penta quem aguenta??
2 x Penta quem aguenta??
6 anos 4 meses atrás

os bons tempos voltarão com certeza é so a galera para de ir nos estadios,comprar souvenirs do seu clube do coração etc,a culpa de tudo isso é nossa mesma pois quem faz o futebol não sao jogadores e sim a torcida que é seu maior patrimonio!

delton cordeiro
delton cordeiro
6 anos 4 meses atrás

na verdade era muito bom mesmo,meu pai até jogou em pre jogo entre coritiba x santos ele jogava no antigo palestra italia,e depois foi profissional no coxa,ele conta que era uma epoca muito boa mesmo.pena que a mafia acabou com isso..

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas