Um bandido que assaltou uma panificadora na Rua Carlos Pioli, no Bom Retiro, em Curitiba, por volta das 10h30 desta segunda-feira (6), atirou contra dois funcionários do estabelecimento que tentaram persegui-lo após o roubo e acertou um dos disparos na barriga do gerente Everson Silva Morais, 30 anos. Anastácio, que trabalha no caixa da padaria, conseguiu se esconder atrás de uma lixeira e não foi atingido.

Everson foi socorrido às pressas ao Hospital Cajuru e entrou no centro cirúrgico pouco antes do meio-dia, para ser operado. De acordo com o hospital, o estado de saúde dele era estável.

De acordo com Anastácio, o bandido aparenta cerca de 50 anos, aproximadamente 1,60 metro, barba por fazer e vestia calça jeans e blusa de lã escura. Estava armado com um revólver e chegou direto ao caixa anunciando o assalto.

“Eu entreguei para ele algumas notas, cerca de R$ 150, e comecei a falar alto, para que meus colegas percebessem que era assalto, em seguida me abaixei. Ele saiu correndo e fui atrás. O Everson veio junto. Na rua, quando fui atirar uma pedra no ladrão, ele se virou e disparou a arma duas vezes. Me protegi atrás da lixeira, mas meu colega não teve tempo”, descreveu Anastácio.

O rapaz disse que veio de Paranaguá há cinco meses e foi vítima de assalto pela primeira vez. “Eu não sabia se entregava o dinheiro ou não. Quando ele fugiu, achei que conseguiríamos detê-lo, mas ele atirou antes”, disse.

Policiais militares chegaram à panificadora em poucos minutos, mas o marginal não foi encontrado na região. A investigação deve ficar com a Delegacia de Furtos e Roubos (DFR). As imagens das câmeras de segurança, instaladas no caixa, poderão ser úteis na identificação do bandido.