O frentista Carlos Mendes Massaneiro, 46 anos, foi morto com dois tiros à queima-roupa, no pescoço, pouco antes das 3h de ontem, em Pinhais. O crime ocorreu na Rua Rio Paranapanema, Jardim Weissópolis. O superintendente Ninrod Valente relatou que o rapaz, sem passagem pela polícia, foi dominado e estava deitado quando foi assassinado.