Cinco bares foram fechados na noite desta terça-feira (24) na terceira Ação Integrada de Fiscalização Urbana (Aifu) do ano. Todos os estabelecimentos fechados estavam sem alvarás de funcionamento válidos, o que compromete a segurança dos frequentadores.

A fiscalização foi feita nos bairros Capão da Imbuia, Cajuru, Abranches e Boa Vista, das 20h de terça até às 3h desta quarta-feira (25). Em alguns casos, os proprietários não apresentaram o alvará de funcionamento, alegando que o documento estava no contador. Outros não tinham a licença do Corpo de Bombeiros e da Vigilância Sanitária.

Durante a fiscalização 114 pessoas foram abordadas, 21 autos de infração de trânsito emitidos e 23 carros vistoriados. A ação teve a participação da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros, da Guarda Municipal, Setran, Secretaria do Urbanismo e Assuntos Metropolitanos e Vigilância Sanitária.

Regularização

Após a regularização dos alvarás, todos os estabelecimentos voltarão a funcionar. O prazo para reabertura pode variar entre 48 horas até 15 dias, dependendo de cada situação.

Equipes da Secretaria Municipal de Urbanismo e Assuntos Metropolitanos estão à disposição para o esclarecimento de dúvidas em relação à documentação necessária para o funcionamento de bares e casas noturnas em Curitiba. Os telefones são 3350-8324 (consulta comercial), 3350-8613 (fiscalização) e 3350-8358 (expedição do alvará), das 14h às 17h30.

Balanço

Neste ano já foram feitas três Aifus em Curitiba, uma das ferramentas do programa Balada Protegida, de segurança dos frequentadores de bares e comerciantes. A Aifu, que já era realizada anteriormente pelo poder público, tem o comando da Polícia Militar e segue uma programação anual.

Nas Aifus são fiscalizadas as documentações dos estabelecimentos comerciais, condições sanitárias, licenciamento ambiental para sonorização, certificado do Corpo de Bombeiros e alvarás. Até agora, 11 estabelecimentos já foram fechados pelas fiscalizações.