Assaltantes fizeram uma família refém, na noite de segunda-feira, no Xaxim. Na hora em que os marginais saíam da residência, foram flagrados pela Polícia Militar. Edenelson Rosa de França, 21 anos, foi preso em flagrante. Outro indivíduo, não identificado até a noite de ontem, morreu em confronto. O terceiro conseguiu fugir e ainda não foi localizado.

O crime começou por volta das 22h40 de segunda-feira, quando parte da família chegava em casa, na Rua Coronel José Leal Fontoura. Depois de entrar em casa, os moradores ouviram barulhos do lado de fora. O dono da residência abriu a porta e foi surpreendido pelos três assaltantes. A vítima levou coronhadas na cabeça.

A família foi amarrada e mantida na cozinha. Enquanto os bandidos recolhiam uma televisão, um DVD, um home theater, jóias, relógios e R$ 600,00 em dinheiro, outra moradora chegou. Ela entrou em casa falando ao celular com o noivo e foi surpreendida pelos marginais. Antes de desligar o telefone, conseguiu avisar do roubo.

Quando saíam com o carro da família, carregado com os objetos, deram de cara com os policiais militares. Edenelson foi preso no volante do automóvel. Os outros escaparam pulando muros.

Na Rua Teodorico Gonçalves Guimarães, um deles foi localizado escondido num quintal. Ele recebeu os policiais a tiros e, no revide, foi baleado. O terceiro escapou do cerco.

Socorro

O ferido foi levado pelos PMs na viatura, mas no caminho ela quebrou e outro carro de polícia foi chamado para levar o baleado ao Hospital do Trabalhador. O rapaz chegou com vida ao pronto-socorro, mas não resistiu e morreu pouco depois de ser internado. As vítimas estiveram no hospital e o reconheceram como autor do assalto.

Edenelson, natural de São Paulo, é morador no Tatuquara. Com o morto e o detido, foram recolhidos dois revólveres calibre 38. O caso foi entregue no Centro Integrado de Atendimento ao Cidadão (Ciac), que estava sob o plantão do 8.º Distrito Policial.