Do conforto de sua casa, Anderson Martins Pereira, 31 anos, saiu para a morte, na noite de ontem. Por volta das 20h45, duas pessoas o chamaram pelo nome do portão da residência, na Rua Nicarágua, Campo Pequeno, em Colombo, e o assassinaram com três tiros.

A esposa do homem contou ao sargento Caron, do 17.º Batalhão da Polícia Militar, que o marido trabalhava com compra e venda de veículos e que não sabia de alguma motivação para o crime.

Segundo relatou, um dos bandidos usava um boné branco e o outro, uma jaqueta preta. Anderson não tinha passagem pela polícia e, de acordo com a mulher, era um homem calmo e não tinha desavenças com ninguém.