Denis Alves de Paiva, 23 anos, foi morto com dois tiros no peito, às 21h30 de quarta-feira, no Pinheirinho, perto da casa onde morava. Um adolescente de 15 anos, que estava próximo ao local dos tiros, em frente à sua residência, foi atingido na canela por uma bala perdida. O assassinato ocorreu na Rua Jornalista Rômulo da Costa Faria.

Familiares de Denis revelaram a policiais militares do 13.º Batalhão que o jovem tinha problemas com drogas. A mãe de Denis contou que o filho, meia hora antes de ser morto, saiu de casa e encontrou a irmã de 13 anos andando na rua. “Ele disse que era perigoso ficar andando naquele horário e a levou para casa. Depois, saiu de novo, provavelmente para usar droga”, contou Lucilia de Paiva.

Moto

Testemunhas disseram que o assassino estava em uma motocicleta preta, portando um revólver. Denis foi abordado pelo motoqueiro a algumas quadras de sua casa. Alguns moradores comentaram que viram Denis agonizando, caído no asfalto, mas negaram ter visto quantos eram os assassinos e para onde fugiram.