O auxiliar de produção Ossias Martins Paulino, 30 anos, chegou do trabalho no final da tarde de quarta-feira, tomou café com a família em casa, em Colombo, e pediu R$ 10 para o pai para abastecer sua motocicleta, uma Biz vermelha. Ele saiu por volta das 19h para procurar um posto de combustíveis, porque disse que sairia muito cedo na manhã seguinte.

Pouco antes das 23h, ele foi encontrado morto na Rua Pedro Antoniacome, no Jardim César Augusto, em Almirante Tamandaré, e a moto foi localizada abandonada na Rua André Nadolni, no Jardim São Gabriel, em Colombo.

Rastro

Ossias, separado e pai de dois filhos, levou vários tiros na cabeça e no pescoço. Pelo chão ficou um rastro de cápsulas de pistola calibre 380 e sangue, indicando que ele foi perseguido. O homem esteve preso por tráfico de drogas e associação para o tráfico em maio de 2010 na delegacia do Alto Maracanã, mas a família garante que, depois de solto, ele começou a trabalhar e não tinha mais envolvimento com o crime.