enkontra.com
Fechar busca

Curitiba e Região

Protesto solidário

Estudantes da UFPR ‘dão o sangue’ contra o corte de verbas anunciado por Bolsonaro

  • Por Gazeta do Povo
Doação é uma forma solidária de protesto dos estudantes da UFPR.Foto: Aniele Nascimento / Arquivo / Gazeta do Povo

Estudantes de cursos de pós-graduação da Universidade Federal do Paraná (UFPR) começaram uma campanha de doação de sangue como forma de protesto contra o bloqueio de verbas a universidades federais anunciado pelo Ministério da Educação (MEC) no início do mês. Batizada de “Estudantes dão o Sangue pela Educação”, a ação é uma forma de conscientizar sobre a importância dessas instituições para a sociedade.

A ideia é levar alunos, professores, funcionários, servidores da UFPR e demais voluntários a doarem sangue. Para isso, páginas ligadas aos programas de pós-graduação vão sugerir bancos de sangue em que os interessados podem fazer a doação. Nas redes sociais, os participantes vão usar a hashtag #EstudantesDaoOSangue para compartilhar a ação.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

De acordo com a organização da campanha, a intenção é unir protesto com boas ações, reforçando os bancos de sangue de Curitiba e chamando a atenção para a importância das instituições vinculadas à UFPR — como o Hospital de Clínicas, um dos pontos de coleta de sangue e uma das estruturas que pode ter suas atividades comprometidas caso o bloqueio de verbas se mantenha.

Outros protestos

A doação de sangue vai acontecer em paralelo às demais manifestações organizadas pela comunidade acadêmica para o restante da semana. Na próxima quarta-feira (15), estudantes planejam uma paralisação nacional em protesto ao bloqueio de verbas. Outras ações também estão planejadas para os próximos dias.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Semana passada, dois grandes atos em defesa da universidade movimentaram o Centro de Curitiba. Na quarta (8), centenas de pessoas ocuparam as escadarias do Prédio Histórico da UFPR, na Praça Santos Andrade, e seguiram em marcha pelas ruas da região. Já na sexta-feira, cerca de 1,5 mil estudantes e discentes da universidade foram até o Centro Cívico protestar contra os cortes na visita do presidente Jair Bolsonaro (PSL) a Curitiba.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

40 Comentários em "Estudantes da UFPR ‘dão o sangue’ contra o corte de verbas anunciado por Bolsonaro"


curitiba para os curitibanos
curitiba para os curitibanos
12 dias 20 horas atrás

Paulistas emporcalham Curitiba.

Eunicio Souza
Eunicio Souza
12 dias 23 horas atrás

mentiram na entrevista sobre uso de drogas e atividade sexual de risco?

Gilnei Machado
Gilnei Machado
13 dias 37 minutos atrás

Por gentileza, mostrem os protestos que os alunos fizeram quando a dilma cortou verbas das federais, por mais que tente, não consigo lembrar. Acho que não houve protesto nenhum naquela ocasião, confere, Arnaldo?

Lasca Denovo
Lasca Denovo
13 dias 38 minutos atrás

No tempo da Sra. Dilma, vi muito estudante petista feliz da vida, gastando o vale refeição no Bar Parceria (saudoso), em frente à reitoria, e contando vantagem.

Lasca Denovo
Lasca Denovo
13 dias 40 minutos atrás

Passei na Federal em 1994, por mérito. Mas quando quis trocar de curso, e não tinha dinheiro pra fazer faculdade, tive que trabalhar até ter dinheiro pra isso. Por que a juventude de hoje tem que ganhar vaga na federal, ganhar vale refeição, vale transporte, e ficar enchendo o 54c0? Vão trabalhar!!

Eunicio Souza
Eunicio Souza
12 dias 23 horas atrás

para estes inuteis, se você trabalha então você é da “casa grande”

1 2 3 5
wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas