enkontra.com
Fechar busca

Curitiba e Região

Oloco!

Equipe de reportagem da RPC flagra prisão ao vivo durante transmissão de telejornal

Equipe de TV flagou uma prisão ao vivo no começo da tarde desta quinta-feira (16). O apresentador Jasson Goulart estava no ar e falava de outro assunto quando um policial abordou dois homens no Centro de Curitiba

  • Por Redação
Foto: Reprodução

Uma equipe do Paraná TV 1ª Edição, da RPC, flagou uma prisão ao vivo no começo da tarde desta quinta-feira (16). O apresentador Jasson Goulart estava no ar e falava de outro assunto quando um policial abordou dois homens no Centro de Curitiba.

Os dois homens, conforme avaliação inicial da polícia, seriam suspeitos de tentar roubar um carro na Rua XV de Novembro. O policial passava bem na hora, à paisana, e flagrou a ação.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

A dupla colocada no chão e o policial pediu apoio. Várias equipes, da Polícia Militar (PM) e da Guarda Municipal (GM) chegaram ao local e os dois homens, presos em flagrante, foram encaminhados à Central de Flagrantes da Polícia Civil.

Clique aqui e veja o vídeo.

Em nota, a Polícia Civil afirma que na ação na rua XV de Novembro, no Centro, os dois homens (50 e 30 anos) foram presos por tentativa de furto qualificado. Com eles, a polícia apreendeu duas chaves michas que seriam utilizadas para praticar o crime. Inclusive um deles possui passagem policial pelo crime de furto. Ambos aguardam à disposição da Justiça.

Depois de 19 anos, Paraná TV chega ao fim na próxima semana

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

29 Comentários em "Equipe de reportagem da RPC flagra prisão ao vivo durante transmissão de telejornal"


marcos
marcos
1 ano 8 horas atrás

Este policial, apesar da ação louvável, deve retornar para os bancos escolares, para aprender que quando chegar outros colegas em apoio, notadamente fardados e com viaturas, deve desligar o telefone e se
reportar apenas a eles!!!

Mário
Mário
1 ano 3 horas atrás

Pfvor…

Rafael Pilha
Rafael Pilha
1 ano 1 dia atrás

Salvou o uno do desmanche !

Marcus Aurélio De
Marcus Aurélio De
1 ano 1 dia atrás

A RPC erra quase diariamente, e a Tribuna vai na onda. O flagrante não é na Rua XV, inclusive porque a foto mostra o UNO estacionado regularmente e na XV o Calçadão não permite estacionamento. A bagunça foi na Avenida Luiz Xavier (ex-João Pessoa), apelidada “Boca Maldita”. O Jasson também errou.

Mirtão Lopes
Mirtão Lopes
1 ano 1 dia atrás

Muito bem Marcus. Só não de viu…

República do Paraná
República do Paraná
1 ano 1 dia atrás

Parabéns ao policial civil pela pronta ação!

Ricardo Vip
Ricardo Vip
1 ano 2 dias atrás

Tao roubando no meio da XV com câmera que deveria ter municipal e militar patrulhando e monitorando e um civil que teve que agir? No calçadão os caras roubam na cara dura e ninguém vê imagine como é o patrulhamento no resto do centro e cidade! Festa de bandido debaixo do nariz da PM e GM! Inúteis!

Mário
Mário
1 ano 1 dia atrás

Inútil e vc , taxista

Ricardo Vip
Ricardo Vip
1 ano 1 dia atrás

Inúteis sim haja vista não haver patrulhamento que coibice a ação de roubo de carro e outros furtos.
Depois do serviço feito chegam dezenas de policiais e guardas expectadores ali. Inúteis! Pra coibir não tem pra chutar cachorro morto fazem uma conferência! Inúteis!

Mário
Mário
1 ano 1 dia atrás

O governo estadual e municipal , não repõe as baixas . Não tem efetivo suficiente , nem msmo em ano eleitoral. Mas o raciocínio “chucro” não permite culpar quem deveria realmente fazer pelo estado e pelo município .por isso que é um excelente negócio fazer uma carreira politica

Ricardo Vip
Ricardo Vip
1 ano 1 dia atrás

Uma parte do efetivo que já é baixa está ocupada passando nas biqueiras para manter a “ordem”! Outra parte tá mais preocupada com o fim do turno que com a população e ainda tem aqueles que se “escondem” em comércios por aí. A sobram poucos que trabalham de verdade… Corporativismo inútil

cleverson silva
cleverson silva
1 ano 1 dia atrás

policial a paisana, nao é um civil.

Ricardo Vip
Ricardo Vip
1 ano 1 dia atrás

Que um policial civil agiu, foi isso que quis dizer e claro que ele agiu corretamente pois sua missão geral é servir e proteger mas sabemos que o civil não tá ali pra isso foi coincidência.
Quem deveria estar ali zelando pelo patrimônio e segurança pública nas ruas seria a PM e GM.

Mário
Mário
1 ano 1 dia atrás

Quem deveria zelar , em primeiro lugar, seria o chefe do município e do estado . É humanamente impossível querer que “mikes “ se multipliquem por osmose para atender suas vontades ..

Ricardo Vip
Ricardo Vip
1 ano 1 dia atrás

O chefe do município não tá pagando a GM? Não tem sapato e algema? A chefia do Estado não tá dando combustível pra PM, sapato pra andar e arma pra se proteger?
Onde estavam os inúteis que apareceram em massa depois?
Não a “minha vontade” é a necessidade dos cidadãos!

Mário
Mário
1 ano 23 horas atrás

Bandidos se aproveitam da ausência do poder público e da falta de punição . E os deputados que não legislam em favor do povo? E o governo que não faz nova licitação para contratação de soldados ? E o gordo que não chama os guardas aprovados e nem realiza um concurso para aumentar o efetivo ?

Mário
Mário
1 ano 23 horas atrás

Já vê a resposta pelo pífio raciocino ..

Polícia se faz com efetivo e estrutura . Policiais não se multiplicam por osmose .

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas