Uma chacina resultou na morte de cinco pessoas na madrugada deste sábado (31), em uma casa localizada na Rua Joaquim Teodoro Portugal, no bairro Xaxim, em Curitiba. Na residência estavam seis pessoas, que foram surpreendidas por dois indivíduos que entraram atirando. Cinco deles morreram na hora com várias perfurações. Mesmo com a violência do crime, um rapaz sobreviveu após ter ser fingido de morto, escondendo-se entre os corpos.

Segundo a Polícia Militar, apenas duas vítimas foram identificadas no local. São eles: Sidineia Lima da Silva, que morava na casa e levou cinco tiros, e Roberto Carlos Matoso Faria, morto após sofrer quatro disparos. Outras duas vítimas foram identificadas apenas por apelidos. Trata-se de “Magrão”, que morreu com quatro tiros, e “Velho”, que levou com três tiros. A outra vítima, um homem, morreu com um disparo na cabeça.

Ainda de acordo com a polícia, o sobrevivente, reconhecido apenas como Marcelo, sofreu um tiro de raspão e se escondeu debaixo dos corpos para escapar dos assassinos. Após a chegada dos policiais, o sobrevivente da chacina foi encontrado em estado de choque e encaminhado pelo Siate ao 8º distrito Policial.

Silêncio

Na manhã deste sábado, vizinhos disseram à reportagem que, apesar da série tiros disparados contra as vítimas, não ouviram um disparo sequer. Moradores da região ainda afirmaram que o local do crime era conhecido com ponto de uso de drogas na região.

Local conhecido

Há exatamente um ano atrás, a Rua Joaquim Theodoro Portugal foi palco de outro assassinato. No dia 28 de maio de 2013, Bruno Gonçalves dos Santos, 25 anos, foi morto a tiros por um rapaz de moto.