Estão a todo vapor as doações de alimentos não perecíveis na Pedreira Paulo Leminski, no Abranches, em Curitiba. A campanha Pedreira do Bem surgiu para arrecadar donativos durante a pandemia de coronavírus. Desde o dia 8 de abril, quando o projeto começou, já foram arrecadadas cerca de 18 toneladas de alimentos.

Os alimentos são deixados na pedreira de carro pelos doadores. A distribuição dos donativos é feita para instituições de assistência social. As doações podem ser feitas de terça-feira a domingo, das 10h às 18h. A campanha vai até o dia 10 de maio.

Na tarde de quarta-feira (29), eu e o repórter fotográfico Lineu Filho, da Tribuna, passamos na Pedreira Paulo Leminski para fazer uma doação e motivar mais pessoas a ajudar. Todos que chegam lá entram com o carro até o ponto de coleta, em um sistema drive-thru. Com a gente foi a mesma coisa, deixamos as doações numa mesa sem nem precisar sair do veículo, indo embora em seguida, em completa segurança sanitária. 

A história da nossa doação começa com o Lineu, que tinha alguns alimentos a mais na casa dele. Eu fui até a residência do “hombre”, como ele mesmo intitula o local, e juntamos os alimentos dele com mais alguns que eu tinha. O Lineu ainda imaginou que seria legal produzir um vídeo mostrando que é seguro doar e como as pessoas podem fazer para manter a segurança contra o contágio da covid-19. “Higienizamos os alimentos antes de ir, mas lá na Pedreira eles também fazem isso. Para ir até lá, usamos máscara e até óculos de proteção, mantendo o isolamento social. Foi quase uma dupla indo pra guerra”,  brincou o fotógrafo.

Bom, a ideia do vídeo acabou transformando a ida até a Pedreira em uma pauta da Tribuna. Mas tudo acabou saindo naturalmente. Ativamos as câmeras dos celulares e começamos a filmar meio sem pretensão. No fim das contas, como vocês leitores verão, o vídeo ficou bacana, com direito a câmera interna dentro do carro. “Essa ficou invertida, parece que o Alex está dirigindo. Mas, tá valendo”, provocou ele, sabendo que quem editou o vídeo fui eu. Tá, mas não estou na bronca. A ideia de filmar foi dele, quem doou mais alimentos foi ele… Na próxima vez, eu me ligo e espelho as imagens na edição.

Foi a nossa primeira vez de carro dentro da arena da Pedreira Paulo Leminski. Não sei vocês leitores, que podem até já ter feito isso, mas, para nós, a sensação de dirigir até lá dentro foi como se uma grande produção do Helinho Pimentel e seu Parque das Pedreiras estivesse esperando a chegada de dois grandes artistas.

Brincadeiras deixadas de lado, no mais, correu tudo bem com a doação e a gente se sentiu confortado em saber que o show, dessa vez, fica por conta dessa bela iniciativa que vai levar mais amor para quem passa por necessidade durante a pandemia.

A iniciativa do Parque das Pedreiras – administrado pela DC Set produções, com apoio do Instituto GRPCOM e Fundação de Ação Social (FAS), da Prefeitura de Curitiba, e com promoção dos veículos do GRPCOM, como a Tribuna do Paraná, tem por objetivo arrecadar alimentos que serão doados para entidades que estão em situação de emergência durante a pandemia do novo coronavírus.

Desde que começaram a ser coletadas, as doações estão sendo divididas entre o Instituto GRPCOM e a FAS para distribuição. Um levantamento feito pelo Instituto mostrou que algumas entidades e organizações sofreram um baque enorme pela pandemia. Um mapeamento feito pelo Instituto GRPCOM vai garantir que os donativos cheguem para as organizações que mais precisam neste momento.

Uma das instituições que já recebeu donativos foi a Associação Franciscana de Educação ao Cidadão Especial (Afece). Segundo a diretora Maira de Oliveira, a iniciativa veio em um momento em que todos estão angustiados neste momento de crise. “Agradecemos a colaboração em nome dos nossos mais de 200 assistidos e suas famílias. Especialmente 37 deles que, neste momento, estão em uma situação de extrema miséria e terão um acalento com as doações, podendo ter comida na mesa”, disse a diretora.

Programa Impulso

De acordo com um levantamento feito pelo Instituto, 288 entidades estão em situação de emergência e serão beneficiadas com as doações da Campanha Pedreira do Bem.

Como iniciativa adicional para amparar tais instituições, por intermédio do Programa Impulso, o Instituto GRPCOM criou uma plataforma que ajuda a conectar quem quer ajudar com quem mais precisa. Se você precisa de ajuda ou quer ajudar, acesse o site do Programa Impulso e contribua.

Mais uma opção

Outra maneira de ajudar é por meio de depósito bancário direto na conta do Fundo Municipal da Saúde, que é auditada pelo Ministério Público:

Banco do Brasil
Agência 3793-1
Conta 9509-5
Fundo Municipal da Saúde – CNPJ: 13.792.329/0001-84