Quatro hospitais de Curitiba começaram a semana com 100% de ocupação em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) destinadas aos pacientes com covid-19. Cruz Vermelha, Hospital do Idoso, São Vicente e Trabalhador estão lotados. Outros centros médicos como Evangélico Mackenzie e Clínicas também estão próximos de chegar ao limite. A taxa de ocupação chega a 93% nas UTIs do total de 324 leitos, ou seja, estão livres somente 24 espaços de emergência da capital, segundo dados atualizados nesta tarde.

+Leia mais! Número de mortes diminui, mas Curitiba segue em estado de alerta: 245 casos novos

Os piores cenários estão no Cruz Vermelha e Hospital do Idoso, pois também não tem vaga nas enfermarias. Nestes dois centros hospitalares, preenchem 181 leitos da cidade. O momento é tão crítico que a melhor situação é da Santa Casa, que tem 92% de ocupação na UTI. Das 65 vagas, 60 estão ocupados.  

O problema também faz parte dos hospitais da região metropolitana de Curitiba. No Municipal de São José dos Pinhais e no São Lucas, em Campo Largo, ocupação de 100% das UTIs.

Ocupação Hospitais em Curitiba, litoral e região metropolitana

Hospital Cruz Vermelha: 14 leitos de UTI com 14 ocupados (100%). Enfermaria sem vagas

Hospital Erasto Gaertner: 10 leitos de UTI com 9 ocupados (90%). Enfermaria com 30 vagas e 17 ocupadas (57%).

Hospital Santa Casa: 65 leitos de UTI com 60 ocupados (92%). Enfermaria com 30 vagas e 15 ocupados (50%)

Hospital das Clínicas: 61 leitos de UTI com 60 ocupadas (98%). Enfermaria com 83 vagas e 68 ocupadas (82%).

Hospital São Vicente: 5 leitos com 5 ocupadas (100%). Enfermaria com 8 vagas e 6 ocupadas (75%).

Hospital Evangélico Mackenzie: 33 leitos com 32 ocupadas (97%). Enfermaria com 48 vagas e 40 ocupadas (83%).

Hospital do Idoso: 62 leitos com 62 ocupados (100%). Enfermaria com os 90 leitos ocupados.

Hospital do Trabalhador: 22 leitos com 22 ocupados (100%). Enfermaria com 34 vagas e 22 ocupados (59%).

Hospital de Reabilitação: 52 leitos com 48 ocupados (92%). Enfermaria com 32 vagas e 20 ocupados (63%).

Hospital Municipal de São José dos Pinhais: 10 leitos de UTI com 10 ocupados (100%).

Hospital Regional do Litoral: 20 leitos de UTI com 19 ocupados (95%). Enfermaria com 10 leitos e nenhum ocupado.

Hospital do Rocio em Campo Largo: 103 leitos de UTI com 101 ocupados (98%). Enfermaria com 212 leitos com 100 ocupados (47%).

Hospital São Lucas Parolin em Campo Largo: 8 leitos com 8 ocupados (100%). Enfermaria com 10 leitos e 7 ocupados (70%).