Com mais 10 mortes confirmadas nesta segunda-feira (31), Curitiba chegou a 997 óbitos e encostou na triste marca de mil mortes por novo coronavírus, contabilizadas desde o início da pandemia, em março deste ano. Além das vítimas fatais, mais 352 moradores da cidade testaram positivo para covid-19, casos que somados ao anteriores, elevam o total para 32.972 infectados. As informações são do boletim epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

Na capital paranaense, seguem valendo as regras e as restrições da bandeira amarela do protocolo de prevenção ao coronavírus, no entanto, o último fim de semana foi de calor e aglomeração em bares, parques e no Centro Histórico.

Vidas perdidas

As novas vítimas fatais da covid-19 em Curitiba são seis homens e quatro mulheres, que tinham entre 38 e 92 anos de idade. Cinco das novas mortes ocorreram nas últimas 48 horas e as demais, entre os dias 1º e 28 de agosto. Segundo informações da SMS, todos os pacientes estiveram internados e possuíam fatores de risco para complicações pela infecção. Deste grupo, apenas três pessoas tinham menos de 60 anos.

LEIA MAIS – Dez médicos do Paraná morreram por coronavírus; veja quem eram estes profissionais

O boletim municipal desta segunda-feira ainda revela que 28.004 pacientes já estão recuperados da covid-19, no entanto, 3.971 habitantes da capital paranaense ainda estão na fase ativa da doença, sendo capazes de transmitir o vírus Sars-CoV-2 para outras pessoas. E mais 589 pessoas que apresentam sintomas suspeitos são acompanhadas por equipes de saúde, enquanto aguardam a definição do diagnóstico ou o resultado dos exames.

Em UTIs e leitos de enfermarias

Curitiba tem ocupados nesta segunda-feira, 81% dos 355 leitos de UTIs exclusivos para covid-19 do Sistema Único de Saúde (SUS). De acordo com informações da prefeitura, há ainda 68 leitos de UTI do SUS livres nos hospitais da cidade, que podem receber pacientes com novo coronavírus ou com síndromes respiratórias agudas graves (SRAG).

LEIA AINDA – Ao menos cinco vacinas brasileiras estão na corrida pela imunização contra a covid-19

E já com diagnóstico confirmado de covid-19, há 459 pacientes internados, em hospitais públicos e particulares da capital. Em situação mais grave, 160 deles ocupam leitos em unidades de terapia intensiva (UTI).

Coronavírus no Brasil