Curitiba virou referência nacional quando o assunto é cerveja artesanal. São dezenas de micro e pequenas cervejarias, produzindo e oferecendo alguns dos mais premiados rótulos do país. Aproveitando esse DNA cervejeiro, foi lançado nesta semana dois cursos de pós graduação para formação em Sommelieria e Tecnologia Cervejeira. 

A parceria do Centro Universitário Sociesc (Unisociesc) com a Escola Superior de Cerveja e Malte, instituição especializada que tem sede em Blumenau, Santa Catarina, terra da tradicional Oktoberfest brasileira, terá aulas presenciais e à distância, quinzenais, com início previsto para o dia 22 de junho.  

Ambos os cursos tem duração de 20 meses e o investimento para obtenção do “up grade” no currículo é de 24 x de R$ 750 para o curso de Tecnologia Cervejeira e de 24 x de R$ 1.200 para o de Sommelieria. Informações podem ser obtidas pelo site da Unisociesc 

O curso é indicado para sommelier de vinhos, cervejas, cachaças, formados em gastronomia e profissionais que trabalham no serviço de alimentos e bebidas, rede hoteleira e consultores liberais que possuem formação técnica na área. Também para profissionais que atuam nas áreas da indústria cervejeira e não possuem formação técnica ou superior na área, e pessoas com interesse no segmento de produção de cerveja artesanal e industrial. 

Foto: Pixabay
Foto: Pixabay

Os cursos 

De acordo com os dados da Associação Brasileira de Cerveja Artesanal (Abracerva), o Paraná é o quarto estado brasileiro em número de cervejarias. “Curitiba tem muitas opções de trabalho na área e a especialização refina qualquer currículo”, diz Rodrigo Sawamura, coordenador dos cursos.  

É uma área em grande ascensão no mercado mundial. Sawamura foi eleito o melhor sommelier de cervejas do Brasil em 2016 e conquistou o terceiro lugar no Beer Sommeliers World Cup, em Munique, na Alemanha, em 2017. “A especialização desenvolve e aprofunda o conhecimento no que há de mais moderno e atual na área”, comenta. 

O curso de Sommelieria aborda análises sensoriais de degustação de vinhos, cachaças, cervejas, água mineral, cafés, chás e a influência dos fatores ambientais na produção das bebidas. A formação permite atuar na área de gastronomia, eventos, administração de adegas e cartas de vinhos.  

“No século 21, esse profissional é multifacetado, conhece os caminhos da produção das bebidas, armazenamento, além da cultura dos locais de origem, a melhor forma de servir e harmonizações”, conta. O sommelier, é sobretudo, um especialista indispensável nas consultorias aos clientes. O papel do profissional também é importante junto às importadoras, na compra e na venda, na elaboração de portfólios de produtos e na criação de conceito de marca.