Curitiba abriu 2.933 novos postos de trabalho com carteira assinada em março, registrando variação positiva de 0,4% em relação ao mês anterior. O saldo é resultado de 40.260 contratações e 37.327 desligamentos.

Com o saldo de março, Curitiba alcança um estoque de 674.236 trabalhadores com carteira assinada. No ano, já foram criados 10.215 novos empregos, o terceiro maior saldo para o município desde o início da série histórica em 2000.

Entre as capitais pesquisadas com mais de um milhão de habitantes, Curitiba ficou em sexto lugar no ranking da geração de empregos formais em março, atrás apenas de São Paulo, Manaus, Porto Alegre, Rio de Janeiro e Goiânia.

Em todo Paraná foram criadas 13.927 vagas em março e na Região Metropolitana de Curitiba 4.789 vagas.

O setor de serviços, com 2.980 vagas, liderou a geração de empregos formais em Curitiba no mês passado. Em seguida, aparecem comércio (278), construção civil (203) e serviços de utilidade pública (108).