O resgate de uma cobra que apareceu no Batel, em Curitiba, na tarde desta terça-feira (4), tumultuou o trânsito na esquina da Rua Coronel Dulcídio com a Avenida Visconde de Guarapuava. O animal veio parar no local dentro de um veículo, sobre o painel, e saiu para a calçada depois que a motorista estacionou e abriu a porta. A cena inusitada chamou a atenção de curiosos. Apesar do susto, ninguém se feriu.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

Segunda a designer de interiores Celina do Amaral Lima, 29 anos, a motorista do veículo onde estava a cobra mora em Quatro Barras, na Região Metropolitana de Curitiba, e é cliente da loja onde a designer trabalha. Ela veio para Curitiba buscar alguns materiais que havia comprado. “Ela entrou na loja assustada. Aí, o telefone dela tocou e eram os Bombeiros. Ela disse que tinha uma cobra no carro. Ela mora numa chácara”, contou.

A designer relatou que os Bombeiros estavam querendo confirmar a ocorrência. “A cliente contou que ligaram umas três vezes pra ela. Uma cobra no Batel ninguém acredita”. A Celina contou que o bicho veio no painel do carro. A motorista e a irmã estavam no veículo. “As duas desceram e a cobra saiu, foi parar em uma árvore, no pátio de um condomínio de apartamentos. Os Bombeiros tiveram trabalho. A cobra era agitada”, disse.

+ Mulher da à luz na beira da estrada a caminho do hospital em Curitiba

O autônomo Carlos Roberto Barviki, 55 anos, parou para filmar o resgate. Ele estava trabalhando com aplicativo de caronas e deu uma pausa até o trabalho dos Bombeiros terminar. “Achei interessante e quis filmar para mostrar para a minha mulher”, contou. Nas imagens de Barviki é possível notar o agito da cobra. “Os Bombeiros trabalharam bastante”.

A ocorrência foi por volta das 16h desta terça-feira. O trânsito na região ficou complicado por, pelo menos, 20 minutos, principalmente na esquina da Visconde com a Coronel Dulcídio. A interferência no tráfego foi por causa da viatura do Corpo de Bombeiros, que ocupou uma faixa da Coronel. Já o resgate da cobra se concentrou no pátio de acesso do condomínio. O animal foi levado para o Passeio Público.

Menino agride irmã e mãe a marteladas e depois pula de prédio