A chuva que cai em Curitiba desde terça-feira (9) deu um alívio temporário no abastecimento de alguns bairros de São José dos Pinhais e Fazenda Rio Grande, na região metropolitana de Curitiba, que tiveram o rodízio suspenso. Mesmo assim, o rodízio de abastecimento da Sanepar será mantido na maior parte dos bairros de Curitiba e região.

As chuvas dos últimos dias, incluindo a desta quarta, foi suficiente para melhorar a vazão dos rios Miringuava e Despique, que abastecem São José dos Pinhais e Fazenda Rio Grande. Uma reavaliação sobre a interrupção no rodízio nas duas cidades deve ser feita pela Sanepar no início da próxima semana.

VIU ESSA? – Com o avanço da covid-19, prefeitos da RMC se unem pra planejar medidas de prevenção

 “Fazemos monitoramento diário de cada sistema para avaliar a necessidade de continuidade ou não do rodízio”, explica Fábio Basso, gerente de Produção de Água de Curitiba e Região Metropolitana da Sanepar.

O rodízio de água nas regiões de Curitiba e região metropolitana abastecidas pelo sistema que integra as barragens do Iraí, Passaúna, Piraquara I e Piraquara II devem ser mantidos pela Sanepar mesmo com a chuva dos últimos dias. Segundo a companhia , essas barragens ainda estão com com 37,28% de média de capacidade.

“Para regularizar o nível das barragens, a chuva terá que ser persistente e contínua. Com base das previsões meteorológicas, isso só vai ocorrer a partir de setembro”, afirma Fábio Basso. Com isso, a própria Sanepar já considera ter de manter o rodízio até outubro.

CHUVA EM CURITIBA

Em Fazenda Rio Grande, também continuam no rodízio as regiões que são abastecidas pelo Passaúna, via Reservatório Centro (Eucaliptos, Hortência, Iguaçu, Nações, Santarém, Santa Terezinha, Dos Estados, Iguaçu, Santa Terezinha, Jardim São Lourenço, Jardim Brilhante, Jardim Kokubo, Ipê, Eucaliptos e Nações).

LEIA MAIS – Com Guaratuba, todas cidades com praias terão bloqueio sanitário no feriado de Corpus Christi

O rodízio vem sendo adotado pela companhia de saneamento em função da forte estiagem no Paraná. O estado vive a pior seca dos últimos 100 anos.

Uso racional 

A Sanepar alerta que, mesmo com essas chuvas, é fundamental que a população continue fazendo uso racional da água. “O volume de chuvas está abaixo da média faz quase um ano. Tanto é que os níveis das barragens ainda estão muito baixos e ainda não são suficientes para regularizar o abastecimento”, destaca Fábio Basso.

Veja como economizar água

Feche a torneira

Ao lavar as mãos ou a louça, não deixe a torneira aberta todo o tempo. Isso evitará que vários litros de água tratada sejam desperdiçados. 

Hora do banho

Seja rápido no banho. Cada 5 minutos embaixo do chuveiro ligado consomem aproximadamente 70 litros de água.

Basta um copo

Para escovar os dentes é necessário apenas um copo de água. Feche a torneira.

Use a vassoura

Antes de lavar a calçada, use vassoura. Jamais use a água potável para esse serviço. Reaproveite a água da lavagem de roupa ou da chuva.

Economia

Diminua as descargas. Regule periodicamente a válvula hidra ou a caixa de descarga.

Lavando roupa

Junte roupas para lavar todas de uma só vez. Aproveite a água usada no tanque ou na máquina para lavar calçadas.

Tá Pingando!

Os maiores ladrões de água são vazamentos, torneira pingando e descarga desregulada. Faça manutenção regularmente.

Carro 

Em época de estiagem, não lave carro. Reaproveite água da chuva ou de lavagem de roupas para fazer a limpeza.

Fazendo a barba

Não faça a barba com a torneira aberta. Use a água somente para molhar e enxaguar o rosto. 

Tá na mão

Lavar as mãos com a torneira aberta o tempo todo causa um grande desperdício. Ao ensaboar as mãos, deixe a torneira fechada.

Reaproveite

A água do último enxágue das roupas, no tanque ou na máquina, pode ser usada para ensaboar tapetes, tênis, cobertores, pisos e calçadas.

Gaste menos

Ao lavar a louça, encha a cuba de água e deixe-a fechada. Evite deixar a torneira aberta, enxágue a louça toda ao final da lavagem. Assim, o gasto de água é bem menor.


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?