A chuva que atingiu alguns bairros de Curitiba causou estragos na cidade. Além de relatos de uma árvore caída, alguns bairros ficaram sem luz, e ruas chegaram a ficar alagadas no Centro da cidade. De acordo com a Defesa Civil de Curitiba, a região do Água Verde foi a mais atingida. Os bairros Bigorrilho, Campo Comprido, Fanny, Portão, Santa Quitéria e Seminário também sofreram danos.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

Balanço divulgado na noite desta quarta-feira (06) apontou ainda que seis residências foram destelhadas na rua José Baggio com rua Eduardo Sprada, no bairro Campo Comprido. A Guarda Municipal realizou atendimento com repasse de lonas. Nenhuma pessoa foi feriada com o destelhamento e também não houve necessidade das famílias deixarem suas residências.

Ainda ontem, por volta das 16h30, a Defesa Civil do município recebeu a solicitação para atender a uma queda de árvore na Avenida Silva Jardim, nas proximidades da Praça do Japão, no Água Verde. Ao todo, foram 11 atendimentos desse tipo em sete bairros da cidade. Segundo a prefeitura, equipes do Meio Ambiente, da Defesa Civil, da Guarda Municipal e da Superintendência de Trânsito (Setran) foram mobilizadas nos atendimentos.

Transtorno!

Foto: Gerson Klaina/Tribuna do Paraná
Foto: Gerson Klaina/Tribuna do Paraná

Na Rua Professor Ulisses Vieira, no Santa Quitéria, uma árvore enorme caiu com o temporal desta quarta-feira e deixa a rua bloqueada. Ninguém passa no trecho, que foi isolado pela equipe da Coordenadoria Municipal da Defesa Civil de Curitiba.

Também no Água Verde, além do Centro e do Portão, o fornecimento de luz foi interrompido e alguns sinaleiros ficaram apagados. Algumas ruas do Centro, como a Rua Emiliano Perneta e a Brasílio Itiberê, no Rebouças, ficaram alagadas, dificultando o tráfego. Problema semelhante enfrentaram alguns moradores do Campo Comprido, com as ruas cheias d’água.

Leitores também relataram que dentro de alguns coletivos, como um dos expressos da linha Boqueirão, a forte chuva chegou a romper a vedação do veículo na articulação, molhando os passageiros no interior.

Foto: Colaboração
Foto: Colaboração

Na Rua Alcebíades Plaisant, no Água verde, uma árvore caiu em frente à entrada de um prédio e bloqueou a entrada de moradores de um prédio da via.

Sem luz

Ao todo, foram mais de 43 mil residências em Curitiba que ficaram sem luz após a chuva. Em parte do Água Verde, Guaíra, Novo Mundo e Portão, a energia elétrica ficou desligada por mais de cinco horas. O serviço só foi restabelecido após as 22h30, o que gerou inúmeras reclamações nas redes sociais.

Policial militar aposentado é preso por furtar estação-tubo