O motorista do Monza que provocou a morte de Karina Repetski, 22 anos, no início da noite de domingo no Xaxim, se apresentou na manhã de ontem, na Delegacia de Delitos de Trânsito (Dedetran).

Segundo o delegado Armado Braga, Alisson da Silva Lima, 23 anos, conduzia o veículo sem habilitação. Ele foi ouvido e indiciado em inquérito policial por homicídio com dolo eventual (quando o motorista assume o risco de cometer o crime).

Por volta de 18h de domingo, o jovem saiu de casa para dar uma volta com sua filha de três anos. Alisson disse que “embicou” o carro na Rua Abrão Winter e acertou o Palio que descia a Rua Aurelino Mader. Com a colisão, o Palio foi parar na calçada e matou Karina.