Um leilão exclusivamente online com mais de 200 veículos apreendidos pela Secretaria Municipal de Trânsito de Curitiba (Setran) será realizado no dia 5 de outubro, a partir das 9h, conduzido pelo leiloeiro público oficial Helcio Kronberg. Os lances já podem ser dados pelo site mediante cadastro prévio de pelo menos dois dias.

O leilão é dividido entre: modelos que estão livres de débitos e podem voltar a circular normalmente (seis carros e oito motocicletas); sucatas que são destinadas a desmonte e reciclagem somente por empresas do setor credenciadas na Setran (19 carros e cinco motos); veículos que têm peças com materiais ferrosos e plástico, destinados apenas a compradores do ramo de siderurgia e fundição (201 carros e 39 motos); além de veículos que podem voltar a circular, mas que ainda apresentam bloqueios judiciais (quatro carros e três motos).

Foto: Divulgação/Setran.
Foto: Divulgação/Setran.

Esta última categoria é uma modalidade nova em leilões, quando não há interesse do poder judiciário em que os veículos bloqueados sejam retirados do leilão. Neste caso, os compradores deverão requerer às varas de bloqueio a baixa da restrição judicial.

“Esses veículos são recolhidos a um pátio e o proprietário tem 60 dias para retirá-los. Não retirando, o automóvel é perdido em favor do estado. É feita uma notificação ao proprietário e, se ele realmente não quitar as dívidas, o veículo vai a leilão”, explica o leiloeiro oficial Helcio Kronberg.

Como funciona o leilão

Os lances devem ser feitos e acompanhados pelo site, mediante um cadastro prévio gratuito. Para os veículos em condições de circulação, qualquer pessoa está habilitada a participar e pode adquirir apenas modelos com direito a documentação. “O pagamento é feito à vista. Após o arremate de um bem, os débitos ficam quitados e é necessário emitir novo documento para o veículo”, diz Kronberg.

Os lotes poderão ser examinados das 9h às 11h30 e das 13h às 16h, na Rua Benedito Carollo, n.º 1141, bairro CIC, na capital paranaense. Os dias de visitação devem ser verificados no site do leiloeiro.

Os preços partem de R$ 250 (circulação); R$ 100 (veículos bloqueados); R$ 15 (materiais ferrosos); e R$ 50 (sucatas).

Lista de veículos:

Veículos para circulação: 6 carros | 8 motocicletas

Veículos para circulação, porém com bloqueios judiciais: 4 carros | 3 motos

Veículos nas condições de sucata: 19 carros | 5 motos

Veículos com materiais ferrosos e plástico: 201 carros | 39 motos

Foto: Divulgação/Setran.
Foto: Divulgação/Setran.