O nervosismo na hora do assalto deu início a troca de tiros entre o pai da vítima e assaltantes, por volta das 4h de ontem (19), no Bacacheri. Um capitão da Aeronáutica e seu filho foram levados ao Hospital Vita e os bandidos fugiram sem levar nada.

De acordo com o delegado Rubens Recalcatti, titular da Delegacia de Homicídios, os criminosos abordaram o filho do capitão quando o jovem chegava de carro em casa, de madrugada. “O filho foi abordado por dois indivíduos que anunciaram o assalto e pediram o carro. Quando o filho tentou tirar a chave, buzinou sem querer e o pai foi ver o que estava acontecendo”, explica.

Reação

Começou então o confronto entre o capitão da Aeronáutica e os assaltantes. O capitão levou dois tiros no rosto e o filho dele foi alvejado com um tiro nas costas e outro no braço.

Não havia informação ainda se os assaltantes foram baleados na troca de tiros. Também não foi descoberto se os bandidos tinham cobertura de outro veículo ou se fugiram a pé. O nome das vítimas não foram revelados pela polícia.