Dois jovens foram mortos e uma moça ficou ferida após uma crise de ciúme em um bailão na Linha Verde, no Pinheirinho, na madrugada de ontem. O pintor Luan Henrique Rodrigues de Melo, 20 anos, e autônomo Thiago Fernandes Vieira, 18 anos, morreram recebendo socorro médico.

“Eles estavam em uma balada e um deles teria mexido com uma mulher. As informações são desencontradas ainda, mas pelos indícios, apenas um atirador acertou eles”, explica do delegado Rubens Recalcatti, da Delegacia de Homicídios.

De acordo com Recalcatti, Luan foi atingido quando estava entrando no carro em que foi até a festa com os amigos. O assassino deu voz de assalto e antes de Luan conseguir fechar a porta, levou um tiro no peito. Os amigos dele correram, mas Thiago e sua namorada, Débora Martins, 18 anos, também foram baleados, ela apenas de raspão.

Enquanto Thiago, Débora e um terceiro amigo, nome mantido em sigilo por ser testemunha, tentavam fugir, Luan foi socorrido por populares e levado ao Hospital do Trabalhador. Thiago e Débora foram socorridos pelo Siate. Ele foi encaminhado ao Centro Municipal de Urgências Médicas Pinheirinho e ela ao Hospital do Trabalhador, sendo liberada logo em seguida.