Um incêndio em um caminhão interditou a BR-277, no quilômetro 69, em frente à fábrica da Renault, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), na manhã desta terça-feira (30), por volta das 11h30. Em um primeiro momento, ambos os sentidos da rodovia ficaram bloqueados, mas a pista sentido Paranaguá foi liberada rapidamente, por volta das 11h50. A pista no sentido Curitiba só foi completamente liberada por volta das 13h20, com a remoção do caminhão da pista.

+ Atenção! Você está a um clique de ficar por dentro do que acontece em Curitiba e Região Metropolitana. Tudo sobre futebolentretenimentohoróscopo, nossos blogs exclusivos e os Caçadores de NotíciasVem com a gente!

‘Nasci de novo’

O fogo teria começado perto do capô do caminhão e o motorista Dionísio Treuk logo percebeu que algo estava  errado. “Estava dirigindo devagar e quando parei, saiu uma fumaça. Peguei o extintor, abri o capô, mas a fumaça era muito grande. Tentei apagar, mas não conseguir. Quando fui pegar o extintor da carreta, que á maior, mas mesmo assim não consegui. Foi um grande susto, tenho família e posso dizer que nasci de novo. Tenho família e pensei neles na hora”, explicou o caminhoneiro.

O congestionamento no local chegou a 4 quilômetros. Por sorte, o caminhão-tanque estava vazio. O motorista perdeu apenas pertences pessoais. A cabine do caminhão ficou completamente destruída. Como o caminhão estava pegando fogo, o Corpo de Bombeiros foi acionado e logo conseguiu conter as chamas. Ninguém ficou ferido.

“Pessoal foi rápido pra chegar e ajudar. Agora é desengatar a carreta e buscar outro. 20 anos de experiência e é a primeira vez que aconteceu algo assim. Sentimento triste. Tudo bem que não aconteceu nada”, disse o motorista, que se emocionou durante a reportagem. Segundo o motorista, que tem mais de 30 anos de estrada, o caminhão tanque não tinha apresentado problemas anteriores.

Burocracia faz mulher catarinense ser enterrada ‘à força’ em Curitiba