Um assaltante se deu mal ao trocar tiros com a polícia, por duas vezes, depois de uma tentativa de roubo, no Centro, no início da tarde de domingo (07). Depois de fugir da primeira abordagem, ele voltou a enfrentar os PMs e morreu com uma pistola calibre 40, de uso restrito e com a numeração raspada.

Tudo começou na Rua Brigadeiro Franco, quando três homens abordaram um casal dentro de um Gol branco. Durante o assalto, um dos bandidos acertou dois tiros na perna do condutor o veículo. O jovem foi atendido pelo Siate e encaminhado ao Hospital Evangélico, sem risco de morte.

Flagra

A tentativa de assalto foi flagrada por uma equipe do 12.º Batalhão da Polícia Militar (PM), que fazia o patrulhamento da região. Os policiais pediram reforços para ir atrás dos três ladrões, que fugiram a pé, para direções diferentes. De acordo com a polícia, antes de correr o homem que estava armado atirou conta os policiais.

O mesmo assaltante foi abordado algumas quadras adiante, na Rua Professor Fernando Moreira, por uma equipe do Canil da PM, que ia ajudar na segurança de um jogo de futebol.

Mais uma vez o assaltante trocou tiros com os policiais, mas foi baleado e morreu no local. Com ele, os policiais militares recolheram a pistola. Os outros dois assaltantes não foram localizados.

O corpo do suspeito foi encaminhado ao Instituto Médico-Legal, onde aguarda identificação. O rapaz, moreno claro, aparentando pouco mais de 20 anos, vestia calça jeans, camiseta azul e blusa de moletom, com capuz, preta.