Maio começa com a notícia de que a conta de luz ficará mais cara, com a adoção da bandeira tarifária amarela para o mês. Assim, será cobrado R$ 1 a mais a cada 100kWh de luz consumidos.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

Segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), apesar da previsão de que a tendência é que a produção de energia hidrelétrica se mantenha estável, a adoção da bandeira amarela se dá pela diminuição do volume de chuvas já registrado no país. “O patamar da produção hidrelétrica já reflete a diminuição das chuvas, o que eleva o risco hidrológico e motiva o acionamento da bandeira amarela”, diz o informe da Aneel.

O aumento é fruto do possível acionamento das usinas termoelétricas, que tem um custo de geração de energia maior, o que provoca o aumento da tarifa.

MEC vai cortar 30% da verba das universidades federais